Eu quero data que você

O político que eu quero O voto consciente e criterioso é a nossa grande arma para transformarmos o Brasil que tanto desejamos. Para isso temos que estar preparados. Historicamente, os eleitores brasileiros deixam para fazer suas escolhas já na fila da urna ao invés de dedicar tempo e selecionar melhor os seus candidatos. Eu posso não ser a melhor em dar abertura para quem eu quero, mas você faz o mesmo. Você tenta não me olhar enquanto eu olho para você. Você finge que está seguro, passa reto. Só que é traído pelo espelho. E lá está você me vendo enquanto eu estou tentando me ocupar com alguma coisa que estou fazendo. Você se aproxima. Eu fervo. Ser mulher, lésbica, negra e refugiada é um desafio diário porque você nunca sabe o que te espera. Posso não saber tudo, mas sei que tenho direitos, e eu preciso que o mundo saiba quais são ... Eu não posso esperar você decidir. Gostar de você não é suficiente, principalmente para quem não está disponível. Eu gosto de você de todas as formas possíveis. Mas eu não me sinto completa. Eu me sinto com dúvida e elas são muitas. Vou cuidar de mim como sempre fiz. Ninguém precisa de alguém que não […] Eu quero ver você feliz, hoje e todos os dias da sua vida. Parabéns, mãe, por mais um ano de alegria e muito amor! ... Hoje é o seu dia e mais que tudo eu quero ver você sentindo o amor que todos têm por você! Feliz aniversário, mãe! ... ideias para comemorar a data especial da sua mamãe querida. Relacionadas. Gata, você merece ser feliz! Deixe de fora as opiniões e pensamentos alheios. Quando começamos a pensar demais no que as pessoas pensam ou no que vão dizer, ficamos paralisados em situações que não nos deixam chegar a lugar nenhum. Fixe seu foco no objetivo que você tem, você merece ser feliz. Eu quero ser feliz com você. Me perdoe se eu não te amei como você esperava, se eu não dei o que você sonhava. Me perdoe se eu não estive tão presente e se em muitos momentos eu parecia não me importar. Me perdoe se eu não te abracei tantas vezes quanto você queria, me perdoe se os meus beijos não foram tão longos quanto você desejava. Eu quero que você saiba que eu te amo. Te amo agora, enquanto te escrevo. Te amo agora, enquanto lê, seja qual for a data de hoje. E. Inserida por contosreais Eu quero meu Phonak. Certificado de autorização SECAP/MF N. ° 03.007597/2020 Processo N.° 17377.000430/2020-16 Calcule sua idade em anos, meses, dias, horas e minutos. Calculadora 'Quantos anos eu tenho' que ajuda você a encontrar quantos dias, meses, anos se passaram desde o momento do seu nascimento. Em outras palavras, calcula quanto tempo você já viveu em nossa terra mãe. Também calcula quantos dias restam para seu próximo aniversário.

Tenho 24 anos mas tamanho e corpo de uma criança de 12 e sou amargurada por isso

2020.09.26 16:30 LadyHuntress_ Tenho 24 anos mas tamanho e corpo de uma criança de 12 e sou amargurada por isso

Já fiz um outro desabafo sobre isso, mas continuo tendo de desabafar pois isso é uma coisa que sempre vai me incomodar. Eu tenho 1,50 de altura e 40kg, não tenho nada de peito, teria que crescer muito pra ser considerado pequeno, é minúsculo, minha bunda então é algo inexistente, eu uso calça tamanho 14 que é número de criança e ainda assim a parte de bunda fica folgada, não sei como é usar uma calça justinha no corpo. Pra piorar meus quadris são retos como de uma criança também, NUNCA uma calça de adulto fica bonita em mim. Eu queria demais usar uma calça que ficasse justinha em mim bem bonita, como vejo outras meninas/mulheres por aí usando, queria poder usar um vestido justo, um decote, meu sonho usar um decote mas como meu busto é reto não dá certo. Já pesquisei vários vídeos no YouTube de truques pro peito parecer maior, mas os truques ensinam basicamente a levantar usando meia, sutian apertado etc, mas pra mim nada funciona pois é tão pequeno que se eu tentar "levantar" o mamilo aparece. Da impressão que a puberdade nunca chegou pra mim, sei que chegou pois sou super peluda e menstruo. Fora isso qualquer pessoa que me veja na rua acha que sou criança. E isso não é paranóia minha. As pessoas me chamam de "mocinha", pedem meu RG pra comprar bebida, uma vez uma caixa fez eu dizer a data no meu nascimento porque ela achou que meu RG era falso; sempre que falo minha idade a pessoa fala "nossa achei que você tinha 12!"; todo mundo que não me conhece me trata como criança. Os homens nunca se interessam por mim, e eu entendo eles, não tem nada em mim atraente, quem vai se interessar por alguém com corpo de criança?? Só um pedófilo. Vocês podem falar "ah mas o que importa é a personalidade e alguém gostar de você pelo que você é", mas não é isso que eu quero! Sempre que saio com minhas amigas elas são paqueradas, eu sou a mascote da turma que os caras simplesmente ignoram ou acham que é a irmã mais nova de alguém, não consigo ficar com ninguém. Eu queria que alguém me desejasse e dissesse que me acha gostosa pra car****, eu queria dar uns beijos de vez em quando, me sentir bonita, me sentir com tamanho de gente, me sentir bem com uma roupa que caia bem em mim, mas isso nunca vai acontecer. Não quero ter que ter uma coisa séria pelo resto da vida com alguém só porque essa pessoa gostou da minha personalidade. Não quero! Eu quero ser bonita, quero ser gostosa, quero ser paquerada as vezes, eu tenho vergonha do meu corpo e da minha aparencia. No início do ano fiquei com um cara mas ele nunca mais quis, provavelmente de sentiu pegndo uma criança ou se decepcionou quando viu meu corpo já que como ando coberta ele nao sabia como era. Se eu tivesse dinheiro eu faria um monte de plástica, e faria cirurgia de alongamento ósseo, mas infelizmente não tenho e por isso vou ter de passar o resto da vida amargurada e em celibato, e torcer pra na próxima encarnação minha puberdade ser completa.
submitted by LadyHuntress_ to desabafos [link] [comments]


2020.09.14 15:11 FlavioKD9 Estou desistindo de mim

Bom, cá estou eu novamente desabafando porque não tenho com quem conversar sobre isso.
Esse fim de semana foi a gota d'água, e acho que não só pra mim, pela primeira vez eu vi minha mãe chorar e dizer que não consegue ser feliz no trabalho nem em casa. Eu tentei (e consegui) por muito tempo fingir que eu estava bem, só que as coisas estão piorando, noites sem dormir, várias vezes quando meus pais estão em casa eu vou no banheiro pra chorar, e não ando tão animado assim quando eu era há uns 5 anos atrás.
Tenho tido várias crises de ansiedade, começa a me faltar o ar, coração acelera, e eu começo a chorar. Todo dia tenho uma, só que durante a semana, meus pais trabalham a maior parte do dia, basicamente só vejo eles de noite, então dá pra esconder. Já pensei várias vezes em me matar, porque seria a opção mais rápida e fácil.
Eu fui criado em uma família evangélica, sempre acreditei em Deus e tudo. Só que estou sentindo que se ele existiu e existiram vidas passadas, eu fui uma pessoa que jogou pedra na cruz. Nasci com uma pancada de problemas respiratórios, vivi minha infância toda indo no hospital, meus pais não tinham casa própria, eles moravam com minha avó, que na verdade era um quarto que cabia uma cama e algumas outras coisas. Meus pais passaram por muitos problemas, e eu me acho um lixo por estar pensando em me matar hoje, sendo que eles passaram por coisas piores. Só que eu sinto uma dor que não dá pra explicar, e eu só quero que ela suma pra sempre.
Sou uma pessoa muito sonhadora e odeio isso. Sonho em namorar uma cantora famosa que eu acompanho a quase 10 anos. Sonho em compartilhar coisas maravilhosas da vida com essa pessoa. Sonho em viver de música, poesia, arte, atuação, produção pra rede social. Sonho em ser rico e poder ajudar pessoas que não tem condição de ter um prato de comida na mesa. Sonho em ajudar pessoas com a arte, porque muitas pessoas me ajudam hoje, acredito que a arte é o que me mantêm. Sempre fui ligado a música, nesse momento enquanto escrevo esse post, estou escutando música. Parece que é um filme, e a trilha sonora tá tocando sempre.
Só que ao mesmo tempo, há outros empecilhos que me frustram e pensam que eu nunca vou conseguir realizar um sonho. Tenho mordida aberta, e consequentemente problemas na fala, odeio minha voz, odeio minha aparência, na verdade, não gosto de nada em mim. E já não é de hoje. Eu sempre quis ser muito sociável, mas nunca consegui manter amigos. Hoje, me vejo sozinho e nem estou aberto a ser sociável.
Vivi mais de 10 anos da minha vida fazendo tudo sozinho. Eu aprendi a ficar sozinho, tanto que hoje, eu não consigo ficar tanto com meus pais, e eu sei que isso machuca eles. Eu tento ficar, mas logo surge um comentário racista, uma piada sem graça, ou então ficam reclamando do trabalho. Eu sinto que eu sou o problema, porque se eles não tivessem um filho pra cuidar, eles não teriam que se matar de trabalhar, meu pai poderia ter seguido o sonho dele, minha mãe podia ter estudado.
Eu sei que sou uma pessoa ingrata, que tem um bilhão de pessoas em situações milhões de vezes piores que a minha. Só que eu também sei que eu tenho uma data limite, que eu to chegando nela. Eu tô desistindo de mim, quando começo alguma coisa, no começo eu fico empolgado, só que logo penso que nunca vou ser bom naquilo, e logo desisto. Como já falei dos sonhos, eu penso neles, mas logo vem o famoso "você nunca vai conseguir isso, nem tenta", e cada vez que isso acontece, parece ser mais certo que não vai acontecer.
Tenho 22, era pra mim estar começando a realizar meus sonhos, mas eu estou aqui, sem conseguir conversar com alguém que não seja uma pessoa desconhecida na internet, sem conseguir forças pra levantar da cama de manhã. Eu comecei a meditar semana passada, e foi uma das poucas coisas que aliviou um pouco minha ansiedade. Mas, depois de uma hora, ela volta e volta pior. Resumidamente, eu não sei mais o que fazer, eu to desistindo de mim mesmo, vendo meus sonhos fugirem pela janela, vendo o tempo passar, vendo as pessoas realizarem os sonhos delas. Nem sei porque estou escrevendo esse post, se daqui 1-2 dias tudo vai voltar a estaca zero.
submitted by FlavioKD9 to desabafos [link] [comments]


2020.09.04 02:39 AstronomerHopeful Olhando nos seus olhos

Olhando nos seus olhos eu te direi que não preciso namorar para ter a certeza que você é a mulher da minha vida; Sorrindo, vou te confessar que você me trás vida, alegria, felicidade... Tocando suas mãos vou sorrir e te perguntar se você aceitaria se casar comigo;
Enquanto você suspira não sabendo o que responder, eu sorrirei e te direi assim: Não posso perder um minuto da vida mais sem você. Porque agora, eu usarei muito bem minha agenda para aproveitar cada segundo ao teu lado. Se você dizer que é cedo, vou compreender. Se você disser que não, te amarei de longe, porque você merece ser feliz e não te prenderei porque quero o melhor para você.
Sofremos muito na vida, mas agora, não haverá mais espaço para dores, haverá espaço só para o nosso melhor: nós. É o que interessa. Cuidarei de você todos os dias. Você será amada de verdade, compreendida e cuidada.
Eu farei todos os dias café da manhã para vc. Quando vc estiver doente, cuidarei de vc. Quando vc estiver feliz, eu ficarei mais ainda. Dormiremos tarde acariciando um ao outro na nossa cama. Acordaremos cedo, rolando na cama e fazendo amor em plena segunda-feira.
Nossa casa será definitivamente um lar onde há amor, não um vazio sofisticado. Em cada canto deixarei para você cartas de amor. De vez em quando vc encontrará um presente escondido, comprado com muito carinho. Nas datas especiais seremos ótimos anfitriões. Amaremos nossas famílias e será uma única família. Nos sentiremos parte.
Nunca dividiremos despesas, porque seremos um. Nossas diferenças não existirão.
Nunca ficaremos velhos, podemos até ter algumas rugas muito em breve, mas te amarei do jeito que vc é com todos seus defeitos e qualidades. Teremos tempo de sobra para nos amar cada dia, cada momento e em cada segundo.
Nosso amor tem data para começar, mas não tem data de validade.
Eu te amo muito
submitted by AstronomerHopeful to desabafos [link] [comments]


2020.09.02 02:23 pedrozinhu1902 Ela me iludiu, fodeu meu psicológico, e vc ainda tá defendendo ela? (é longa demais, mas vale a pena)

Oi Lubito, Luna, gatas, tia Carminha, tio Otto, Jean, 6º andar, papelões (RIP), Editheus, Tucho, e turma que está a ver, hoje vou contar uma das minha infinitas histórias, mesmo q eu só tenha 14 aninhus. A história se passa em momentos separados de fevereiro de 2019 até o carnaval desse ano, onde encontrei uma guria da minha sala, e ela perguntou pq eu n tava falando com a (vou expor mesmo) Bianca depois de tudo q eu fiz pra ela. Eu fiquei tipo excuse me wtf. Vamos voltar pra fevereiro de 2019, comecinho do ano letivo, e tb das aulas te teatro, onde eu conheci a Bianca. Em julho, uma amiga minha, (vamos chamá-la de Luna) me falou que ela gostava de mim, só q na época eu não sentia nada por ela. Em setembro, mudei de turma da escola, depois de uma crise de depressão que durou do fim de julho até começo de setembro (sofro da doença desde 2017, devido ao bullying que sofri naquela época e da morte do meu pai em 2013). A nova turma era a da Bianca (não gostava mais de mim na época), da Luna e da Farls (outra amiga minha importante pra história). Em outubro, eu comecei a gostar da Bianca, que era uma das minhas melhores amigas na época, mas comecei a evita-la pq doía estar perto dela. No meio de novembro, anunciaram um passeio pro Beto Carrero (bjos de floripa, lubixco) e seria numa quarta aleatória lá. Na segunda dessa semana, havia um "aulão", mas ninguém tava prestando atenção, e geral tava no celular, inclusive eu. Estava falando com um amigo, que tinha dormido na minha casa sábado, e falei pra ele que gostava da Bianca naquele dia. Como se já não fosse tudo ruim o suficiente, na festa de Halloween da galera eu ganhei uma pequena fama de juntar uns casaizinhos por aí, (quase nunca falhei kk) e como um bom amigo, esse cara, vamos chama-lo de Bombom, pediu minha ajuda pra ficar com a Bianca, SABENDO QUE EU GOSTAVA DELA. Fui falar com a Farls, pq sempre falo tudo pra ela. Ela não respondia por mensagem, então eu liguei pra ela no meio do aulão kk. Antes dela poder falar tp "alo", eu falei "Farls, o Bombom gosta da Bianca, q q eu faço?" Quando eu vejo, a Bianca tava sorrindo e feliz, quando eu percebi que a Farls tinha deixado o celular no fucking viva voz. O Bombom e a Bianca combinaram de ficar no Beto Carrero. Na terça, eu pedi pra Farls falar pra Bianca o seguinte: "tem certeza que quer ficar com o Bombom? Têm duas pessoas que podem se machucar com o isso. Eu não posso falar quem é, mas o Gordo (ela não realmente falou gordo, mas eu preciso de um nome falso pra mim mesmo) sabe e talvez ele te fale. Depois da aula, eu encontrei a Bianca e falei o seguinte: "então, uma das pessoas sou eu", e ela disse: "eu sei, mas eu quero saber quem é a outra pessoa". Basicamente ela tacou o fodase. Eu saí dali triste e tals. Chegou quarta e o passeio foi adiado por causa de chuva. Na data nova (segunda) eles não ficaram. Na quarta, depois do teatro, ela queria falar comigo, mas eu saí correndo. Quando cheguei em casa, vi que tinha uma mensagem dela dizendo que gostava de mim também. Fiquei feliz obviamente, falei no grupo de amigos que tinha criado p me ajudarem a superar isso tudo, foi dormir sorrindo. Aí chegou quinta, e ela me diz q também gosta de 2 outras pessoas (o Bombom e o Nicolas, tb nome falso). Falei no grupo, eles falaram pra ignorar e ficar c ela d qualquer jeito, na festa da turma, que eu tava organizando. No meio da festinha teve um verdade ou consequência, onde deu literalmente tudo errado. Caiu verdade pra mim, e a Farls perguntou se eu gostava da Bianca (que tava na roda), eu disse que sim. Aconteceu a mesma coisa com ela, que também disse que sim. MAS, aí uma guria drogada da minha sala, desafio a Bianca a dar um beijo nela mesma. Elas se beijaram, eu saí dali, e a Farls veio atrás, me acalmou, me explicou q tudo era só pelo jogo e tal, e que tava tudo bem. Tava tudo certo, eu e a Bianca íamos ficar, mas eu tava tendo um ataque cardíaco (bv é foda) e pedi um tempo pra me acalmar. Depois de 30 min, fui lá pra trás, num lugar onde o pessoal geralmente ficava, e esperei por ela. Depois de uns 20 minutos, ela aparece chorando, e eu, claro, fui muito atencioso, abracei ela e tudo. Aí a Farls aparece e fala o seguinte: "a Bianca tá chorando pq o Nicolas vai ficar com alguém". Eu só saí dali. Em conclusão, ela gostava mais dos outros dois do que de mim, enquanto eu amava ela. Ela falou pra um monte de gente uma versão completamente errada da história, onde eu fodi tudo. Hoje ela quer voltar a ser minha amiga, e eu só mando os amigos que a gente têm em comum tomar no cu, pq bloqueei ela e eles que passam recado.
Expliquei essa versão pra guria do carnaval, e ela falou q eu tava mentindo.
Depois dessa história eu provavelmente nunca vou confiar em alguém o suficiente e nunca vou me achar suficiente pra alguém gostar mais de mim do que de qualquer outra pessoa, e por causa disso vou morrer sozinho. Bjos Lubixco, e Bianca, se tiver assistindo, eu te odeio com o fundo do meu coração, aquele órgão que você destruiu de mim.
Edit: O Nicolas não ficou com a outra guria, pq ele gostava da Luna, que gostava do Bombom
submitted by pedrozinhu1902 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.16 01:37 not_eletrons Bot isso não é spam :(

Eu eletrons_dark (na twitch), Dei legendas de 5 vídeos a esse bot https://www.youtube.com/watch?v=RW7mP6BfZuY com ajuda desse tutorial: https://www.youtube.com/watch?v=3tlW_jSlYL4 (graças aos dois vídeos foi possível todo isso) abaixando as legendas aqui: https://downsub.com/. Um dos resultados,após um longo tempo foi esse:
"É olha o ali botões borra esperando eu eu isso forma deu me aqui tem então então não que é eu não tudo mandou mandou um tive um têm com jeito um um acho carro acontecer caminho sabonete sabonete peruano to vez também gênio que a pegou porque a meu acredito eu arrasar não eu a um meu galera aqui meu o deus vai muito ele não tá com muito muito muito muito muito muito o patinho muito fazem ver aquele viu gostei na tem da um um a carne nossa e nem é então mais tô eu quero o que aqui esse americano eu esse americano tipo vida ficar olha esse vida vida voando guerra me que só não mas não o tem não nada robô vamos bem perto feliz própria eu vida eu o é eu o o eu vida conseguiu porque o o soltar não não sou sobreviver tão nem louco não não extractor que mão eu caso não aqui que aqui é do que tinha tá aqui em tava ó ó eu ó e fazendo apesar podem sim vez galera que a vai de mais ó não fixa então esquerda isso achei ah e e ali ah ah não ah achei gente isso único de da negócio um ideia mas fique mesmo está fica fortes estejam da ficar aqui matou pra da escondendo não gente fazer é mundo estava não mais tava outra tô monstro não pirata eu pegar apesar o o que e a galera jeito vai fazer a fazer gente vai usou esse um um jogar último vai um mais depois caramba que ajude agora efeito é que o bicho o o podem o o gol aquele o a roubo bicho no dele caneca de privada mesa lá às mil mesa lá olha aqui aqui olha botar lá ah aqui tá ó ó isso macaco fez isso isso porcaria boa é está podia na rifle ouvi ser quero eu experimento sou seu olá hoje bugou morreram muito time mapa mas dia para que esperei pode ser uma como agora deus que negócio ser juca ou o a ficava precisa da da então fica e da galera da escrever o ambrósio tornando trabalho vão castor mandei alguém na esse o gente fez ser como acertar nome no não modo ser dar o não como viva agora agora mandou agora vai aguardar acho um ser elétrico meu nada no itapipoca na gênio no xícara gente não eles a ganso é a a ele é ele que é é ele então acredito sei vou nós ele loja bcp então fazem né assim porque né que pouco saiba a calma te intelectual é nossa na ninguém pela indo aí então vamos dar tirar não entendi aqui preciso aqui fica nosso vai tem assim ai tá aqui drive um os um duplicar né esse falo pra bom né limitada né chip bicho no não é o favor é fim interessante é não você quem não cara ok gosto um capaz aliás se peguei na na qualificados para o pessoal a a vai data gente a a dar raiva não se todos um os são indo é os sala os armados vai fazendo está que ficar sem ele pode mexer botão você ele morreu se tal a mano não mano agora a a ficar não cabo mas gente que eu se eu como porque porque ser nem quero ser pegar só embaixo preto parkour aqui só bicho direito bicho tá gente tá de saiu peguei é fim de de de as aquele de que um vão dando que pedra não é aí coisa não boa não por zoom resgata eu eu bem eu viva vai vai vai fazer galera agora daí quebrar aquela não dar céu pra ai tá vai quer era entende quem meu ele meu ele meu deus ele tá vindo umas ele nem ele se aquele não já aquele brics eu muito twitch cara sair programação robótica eu cientistas bote gente bugar consegui então fazendo maia tá essa pessoa tio lembre com e e arma hoje botões do não não"

bem zuado. Talvez eu faça umas correções no texto e coloco em cima do original.

Download dos arquivos: https://drive.google.com/drive/folders/1WxVHsqC2M2oaQuinYm36iCQpNxA3Rr-S?usp=sharing
submitted by not_eletrons to PuddingsUtopia [link] [comments]


2020.08.15 17:00 Surt3p Quanto deve ceder a um relacionamento?

Em 2016 eu conheci uma menina em um aplicativo de relacionamentos, (vamos chamar de Ruivinha) eu com 16 anos e ela me dizia que tinha 16 anos também e eu realmente gostei dela, ruiva, gente boa, dava atenção e engraçada. E depois de meses de conversas era fato que estávamos gostando um do outro, tanto pelas palavras quanto o tempo que dávamos um ao outro, e realmente gostei muito dela, e até que chegou um momento que os dois estavam meio 🔥 e a conversa foi realmente mudando de direção. Depois de muitas conversas e fotos +18 (ironia pq os dois eram menores mas ok kkk) estava um clima bom, e realmente queria a conhecer pessoalmente e tudo mais mas ela sempre dizia que a família era muito fechada e não a permitia sair, mas ela me atentava e mesmo assim tentávamos sair ou de um jeito se encontrar. E eu ocupado com curso Tecnico e colégio fui me afastando aos poucos para focar nos estudos, mas mesmo assim querendo realmente conhecer ela porque gostava. Até que um dia meio que tudo ficou confuso, quando ela mandou umas fotos repetidas +18 e com legenda diferente e tipo nem fazia sentido ela ter mandado aquilo para mim naquela hora. E então descobri que ela realmente tava meio brincando comigo e mais uns 5, e então descobri no mesmo dia que ela tinha 13 anos e iria fazer 14 e eu fiquei realmente confuso e preocupado (e não ela não tinha feição tão jovem e corpo de menina nova, e todas as redes sociais estavam mais velha e até por ligação a voz e vídeo o jeito dava a entender que era mais velha mesmo) e fiz umas das coisas que mais me arrependi na vida porque fiquei com ciúmes e com raiva, criei um Google drive do 0 upei as fotos dela e mandei com um link para a avó e a mãe dela falando o seguinte: “Eu gosto muito dela, nossas idades são diferentes e nada impede de no futuro realmente termos uma coisa séria com mais maturidade, mas eu realmente quero que vocês deem atenção porque ela está se expondo muito na internet e isso pode vazar e conhecendo bem sei que isso pode acabar mal.” A mãe dela me xingou e falou que eu era um cuzao a vó dela me pediu perdão não sei porque, e ficou preocupada e a menina me xingou muiiiito mas muito e no final tudo se acalmou. Passou se uns anos e ela me chamou de novo em meados do final de 2017 e eu tinha terminado o ensino médio e um relacionamento que tive também e eu e a Ruivinha viramos amigos realmente, ela tem muitos problemas psicológicos e eu sempre ajudei como amigo e tudo mais e realmente curtia a amizade nossa, até mesmo que nossas idades era meio diferentes mas ela me respeitava muito e o que tinha acontecido ficou para trás e virou uma amizade tranquila. Mas no final do ano de 2019 mudou muita coisa, ela tava com 16 anos e eu com 19 e ela deu muita moral, e eu me interessei por ela, tínhamos todos mudado muito e eu imaginei que estávamos mais maduros, e um belo dia ela me chamou para comprar material junto com ela, e eu fui na casa dela, conheci os avós que me amam até hoje e mandam figurinha todos os dias kkkkk, a mãe dela também que surpreendentemente gostou muito de mim, e foi um primeiro encontro totalmente diferente mas eu gostei da pessoa que eu encontrei, ela realmente tinha mudado muita coisa, e foi indo assim por vários finais de semana consecutivos, e estávamos em um relacionamento sem nada oficializado, eu conheci toda a família ajudava em o que era preciso, e gostava de estar inserido na família mas umas coisas do relacionamento me deixavam meio intrigado, tipo pela internet ela era muiito 🔥 e juntos ela era outra pessoa, ou o fato dela não gostar muito de beijos e também ter preguiça para qualquer coisa que envolva sair, não demonstrar afeto, ser meio seca as vezes e não termos muitos momentos casal, mas foi isso por 4 meses até o início da quarentena e nós brigarmos por um motivo fútil, estava a 2 anos desempregado apenas fazendo uns bicos, e eu fui contratado em um emprego booom, e eu fiquei feliz com isso que estava lutando a tempos e eu chamei ela para vir em casa comemorar cmg, comer uma pizza com minha família e tudo mais, e depois ver um filme a sós, um momento nosso, e ela me disse a seguinte frase “você só pensa em me comer” “só quer sexo” e eu sem entender nada, ouvi muiita merda (detalhe nunca tínhamos transado antes e eu sou super delicado com esse assunto até por nunca ter acontecido) até aquela história das fotos foi revivida e eu me explodi, cansei disso e terminei com raiva pq ela não sabia o que tava acontecendo comigo depois desse tempo todo saindo da depressão e ter conseguido arrumar um emprego e na hora de comemorar ela me dizer isso. Me magoou muito isso e até hoje não me desce, mas no outro dia parei para pensar e queria conversar disse que não queria terminar realmente mas queria que ela entendesse meu lado, e ela surtou que um dia eu termino no outro quero voltar, não voltamos mas ficou um clima de romance voltando, era apenas se encontrar que rolava algo, mas depois foi meses sem poder ver ela, sem ligação, momentos instável no relacionamento eu querendo ver ela mas nunca era possível e a desculpa de quarentena para mim e churrasco em família todos os finais de semana, mas eu tava conseguindo fazer ela vir em casa no meu aniversário pq realmente estava com sdds dela e é uma data bem especial, (minha família fez o teste para umas coisas e para que eu pudesse ir buscar ela no meu aniversário “dia que estou escrevendo que foi por água a abaixo qualquer animo para esse dia”) e uma semana antes do meu aniversário eu tentando reconquistar ela todos os dias, sendo quem sou e tentando ser bom para ela (muitas vezes fodendo com meu psicológico) e eu descubro que sou um brinquedo que ela usava para destrair e que não era nada mais e que mesmo ela dizendo uma coisa ela tava sentindo outra, e que eu tudo que eu tava fazendo por uma história de 4 anos foi em vão. Brigamos feio e depois que eu desisti de tudo e falei o que realmente tava sentindo e fiz ela se achar um monstro só mostrando coisas que ela fazia e nem se tocava disso, tem indiretas até hoje, eu surpreendentemente estou bem, tenho muitas saudades dos momentos bons mas prefiro meu bem estar mental.
submitted by Surt3p to desabafos [link] [comments]


2020.08.15 07:00 Surt3p Sou babaca por te ferrar e depois te amar?

Olá Luba, possível convidado, editores e turma minha história é meio longa: Em 2016 eu conheci uma menina em um aplicativo de relacionamentos, (vamos chamar de Ruivinha) eu com 16 anos e ela me dizia que tinha 16 anos também e eu realmente gostei dela, ruiva, gente boa, dava atenção e engraçada. E depois de meses de conversas era fato que estávamos gostando um do outro, tanto pelas palavras quanto o tempo que dávamos um ao outro, e realmente gostei muito dela, e até que chegou um momento que os dois estavam meio 🔥 e a conversa foi realmente mudando de direção. Depois de muitas conversas e fotos +18 (ironia pq os dois eram menores mas ok kkk) estava um clima bom, e realmente queria a conhecer pessoalmente e tudo mais mas ela sempre dizia que a família era muito fechada e não a permitia sair, mas ela me atentava e mesmo assim tentávamos sair ou de um jeito se encontrar. E eu ocupado com curso Tecnico e colégio fui me afastando aos poucos para focar nos estudos, mas mesmo assim querendo realmente conhecer ela porque gostava. Até que um dia meio que tudo ficou confuso, quando ela mandou umas fotos repetidas +18 e com legenda diferente e tipo nem fazia sentido ela ter mandado aquilo para mim naquela hora. E então descobri que ela realmente tava meio brincando comigo e mais uns 5, e então descobri no mesmo dia que ela tinha 13 anos e iria fazer 14 e eu fiquei realmente confuso e preocupado (e não ela não tinha feição tão jovem e corpo de menina nova, e todas as redes sociais estavam mais velha e até por ligação a voz e vídeo o jeito dava a entender que era mais velha mesmo) e fiz umas das coisas que mais me arrependi na vida porque fiquei com ciúmes e com raiva, criei um Google drive do 0 upei as fotos dela e mandei com um link para a avó e a mãe dela falando o seguinte: “Eu gosto muito dela, nossas idades são diferentes e nada impede de no futuro realmente termos uma coisa séria com mais maturidade, mas eu realmente quero que vocês deem atenção porque ela está se expondo muito na internet e isso pode vazar e conhecendo bem sei que isso pode acabar mal.” A mãe dela me xingou e falou que eu era um cuzao a vó dela me pediu perdão não sei porque, e ficou preocupada e a menina me xingou muiiiito mas muito e no final tudo se acalmou. Passou se uns anos e ela me chamou de novo em meados do final de 2017 e eu tinha terminado o ensino médio e um relacionamento que tive também e eu e a Ruivinha viramos amigos realmente, ela tem muitos problemas psicológicos e eu sempre ajudei como amigo e tudo mais e realmente curtia a amizade nossa, até mesmo que nossas idades era meio diferentes mas ela me respeitava muito e o que tinha acontecido ficou para trás e virou uma amizade tranquila. Mas no final do ano de 2019 mudou muita coisa, ela tava com 16 anos e eu com 19 e ela deu muita moral, e eu me interessei por ela, tínhamos todos mudado muito e eu imaginei que estávamos mais maduros, e um belo dia ela me chamou para comprar material junto com ela, e eu fui na casa dela, conheci os avós que me amam até hoje e mandam figurinha todos os dias kkkkk, a mãe dela também que surpreendentemente gostou muito de mim, e foi um primeiro encontro totalmente diferente mas eu gostei da pessoa que eu encontrei, ela realmente tinha mudado muita coisa, e foi indo assim por vários finais de semana consecutivos, e estávamos em um relacionamento sem nada oficializado, eu conheci toda a família ajudava em o que era preciso, e gostava de estar inserido na família mas umas coisas do relacionamento me deixavam meio intrigado, tipo pela internet ela era muiito 🔥 e juntos ela era outra pessoa, ou o fato dela não gostar muito de beijos e também ter preguiça para qualquer coisa que envolva sair, não demonstrar afeto, ser meio seca as vezes e não termos muitos momentos casal, mas foi isso por 4 meses até o início da quarentena e nós brigarmos por um motivo fútil, estava a 2 anos desempregado apenas fazendo uns bicos, e eu fui contratado em um emprego booom, e eu fiquei feliz com isso que estava lutando a tempos e eu chamei ela para vir em casa comemorar cmg, comer uma pizza com minha família e tudo mais, e depois ver um filme a sós, um momento nosso, e ela me disse a seguinte frase “você só pensa em me comer” “só quer sexo” e eu sem entender nada, ouvi muiita merda (detalhe nunca tínhamos transado antes e eu sou super delicado com esse assunto até por nunca ter acontecido) até aquela história das fotos foi revivida e eu me explodi, cansei disso e terminei com raiva pq ela não sabia o que tava acontecendo comigo depois desse tempo todo saindo da depressão e ter conseguido arrumar um emprego e na hora de comemorar ela me dizer isso. Me magoou muito isso e até hoje não me desce, mas no outro dia parei para pensar e queria conversar disse que não queria terminar realmente mas queria que ela entendesse meu lado, e ela surtou que um dia eu termino no outro quero voltar, não voltamos mas ficou um clima de romance voltando, era apenas se encontrar que rolava algo, mas depois foi meses sem poder ver ela, sem ligação, momentos instável no relacionamento eu querendo ver ela mas nunca era possível e a desculpa de quarentena para mim e churrasco em família todos os finais de semana, mas eu tava conseguindo fazer ela vir em casa no meu aniversário pq realmente estava com sdds dela e é uma data bem especial, (minha família fez o teste para umas coisas e para que eu pudesse ir buscar ela no meu aniversário “dia que estou escrevendo que foi por água a abaixo qualquer animo para esse dia”) e uma semana antes do meu aniversário eu tentando reconquistar ela todos os dias, sendo quem sou e tentando ser bom para ela (muitas vezes fodendo com meu psicológico) e eu descubro que sou um brinquedo que ela usava para destrair e que não era nada mais e que mesmo ela dizendo uma coisa ela tava sentindo outra, e que eu tudo que eu tava fazendo por uma história de 4 anos foi em vão. Brigamos feio e depois que eu desisti de tudo e falei o que realmente tava sentindo e fiz ela se achar um monstro só mostrando coisas que ela fazia e nem se tocava disso, tem indiretas até hoje, eu surpreendentemente estou bem, tenho muitas saudades dos momentos bons mas prefiro meu bem estar mental. Afinal apenas eu fui o Cuzao da história por tentar isso até o final e ter feito tanta merda?
submitted by Surt3p to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.14 22:53 not_eletrons Zueira com a rede neural

Eu eletrons_dark (na twitch), Dei legendas de 5 vídeos a esse bot https://www.youtube.com/watch?v=RW7mP6BfZuY com ajuda desse tutorial: https://www.youtube.com/watch?v=3tlW_jSlYL4 (graças aos dois vídeos foi possível todo isso) abaixando as legendas aqui: https://downsub.com/. Um dos resultados,após um longo tempo foi esse:
"É olha o ali botões borra esperando eu eu isso forma deu me aqui tem então então não que é eu não tudo mandou mandou um tive um têm com jeito um um acho carro acontecer caminho sabonete sabonete peruano to vez também gênio que a pegou porque a meu acredito eu arrasar não eu a um meu galera aqui meu o deus vai muito ele não tá com muito muito muito muito muito muito o patinho muito fazem ver aquele viu gostei na tem da um um a carne nossa e nem é então mais tô eu quero o que aqui esse americano eu esse americano tipo vida ficar olha esse vida vida voando guerra me que só não mas não o tem não nada robô vamos bem perto feliz própria eu vida eu o é eu o o eu vida conseguiu porque o o soltar não não sou sobreviver tão nem louco não não extractor que mão eu caso não aqui que aqui é do que tinha tá aqui em tava ó ó eu ó e fazendo apesar podem sim vez galera que a vai de mais ó não fixa então esquerda isso achei ah e e ali ah ah não ah achei gente isso único de da negócio um ideia mas fique mesmo está fica fortes estejam da ficar aqui matou pra da escondendo não gente fazer é mundo estava não mais tava outra tô monstro não pirata eu pegar apesar o o que e a galera jeito vai fazer a fazer gente vai usou esse um um jogar último vai um mais depois caramba que ajude agora efeito é que o bicho o o podem o o gol aquele o a roubo bicho no dele caneca de privada mesa lá às mil mesa lá olha aqui aqui olha botar lá ah aqui tá ó ó isso macaco fez isso isso porcaria boa é está podia na rifle ouvi ser quero eu experimento sou seu olá hoje bugou morreram muito time mapa mas dia para que esperei pode ser uma como agora deus que negócio ser juca ou o a ficava precisa da da então fica e da galera da escrever o ambrósio tornando trabalho vão castor mandei alguém na esse o gente fez ser como acertar nome no não modo ser dar o não como viva agora agora mandou agora vai aguardar acho um ser elétrico meu nada no itapipoca na gênio no xícara gente não eles a ganso é a a ele é ele que é é ele então acredito sei vou nós ele loja bcp então fazem né assim porque né que pouco saiba a calma te intelectual é nossa na ninguém pela indo aí então vamos dar tirar não entendi aqui preciso aqui fica nosso vai tem assim ai tá aqui drive um os um duplicar né esse falo pra bom né limitada né chip bicho no não é o favor é fim interessante é não você quem não cara ok gosto um capaz aliás se peguei na na qualificados para o pessoal a a vai data gente a a dar raiva não se todos um os são indo é os sala os armados vai fazendo está que ficar sem ele pode mexer botão você ele morreu se tal a mano não mano agora a a ficar não cabo mas gente que eu se eu como porque porque ser nem quero ser pegar só embaixo preto parkour aqui só bicho direito bicho tá gente tá de saiu peguei é fim de de de as aquele de que um vão dando que pedra não é aí coisa não boa não por zoom resgata eu eu bem eu viva vai vai vai fazer galera agora daí quebrar aquela não dar céu pra ai tá vai quer era entende quem meu ele meu ele meu deus ele tá vindo umas ele nem ele se aquele não já aquele brics eu muito twitch cara sair programação robótica eu cientistas bote gente bugar consegui então fazendo maia tá essa pessoa tio lembre com e e arma hoje botões do não não"

bem zuado. Talvez eu faça umas correções no texto e coloco em cima do original.

Download dos arquivos: https://drive.google.com/drive/folders/1WxVHsqC2M2oaQuinYm36iCQpNxA3Rr-S?usp=sharing
submitted by not_eletrons to PuddingsUtopia [link] [comments]


2020.08.07 03:45 KimiTanoshimu MTBY Patch Notes 3.0

Quando a esperança se tornara pequenas gotas nos corações alheios e a escuridão a poucos passos estava da vitória, ele chegou. Montado num cavalo valente, vindo do nevoeiro, (provavelmente provocado pela máscara), imponente e preparado para o que vinha - apareceu, finalmente, Shelly com um pequeno pergaminho com que leu algo como: - Sim, Mário menino feio.
[...]
Hey! Me back! Tenho que começar por dizer que fiquei muito orgulhoso dos que se esforçaram para trazer sorrisos aqueles que só os vêem nas traquinices do Mário, (sim estou a falar especialmente para ti Martim). Serei muito breve e rápido: - Os resultados da Competição Memeástica serão FINALMEEEEENTE postados amanhã (hoje). Com isso, a data da sua segunda edição será anunciada em breve. Além disso, gostaria de dar mais importância ao espírito competitivo da competição e cativar mais pessoas a participar por isso partilho por aqui com vocês que também irei fazer emojis especiais para os vencedores e O Vencedor da competição, (mantem-se de olhos abertos). - Iremos começar hoje e sem data de conclusão definida uma nova special week, (neste caso não tão week assim), que será centrada no nosso grande amigo e companheiro das massas, Pedro Mauro. Eu quero as histórias mais malucas e extremas, os memes mais hilariantes e random e quero muito mas muito spam, ele faria isso por nós. Talvez assim até se junte ao Reddit e ao sub de uma vez por todas. - Finalmente, e vendo que não cumpri a promessa de ser rápido e breve, irei passar mais um tempinho de férias e decidi dar o manto da responsabilidade aos Mods. Mostraram se mais que responsáveis e merecem escolher os temas de umas special weeks ou vir com novas ideias até. Quiçá até possamos fazer uma discussão ou Patch notes só de mods no futuro e até é possível que haja um 4° mod a caminho. Por mim é tudo por enquanto, o sub está a crescer e só porque estou no relax não quer dizer que o sub também deva estar e peço desculpa. Mariem muito, na realidade não o façam, Mário out 🎷
submitted by KimiTanoshimu to mariotoldbyyou [link] [comments]


2020.08.02 14:10 machinkkoo Bandeira lgbt foi um fracasso.

Um pouco de contexto:
Minha mãe e eu não temos uma relação boa, muito pelo contrário. A nossa relação é horrível e eu já estou trabalhando nisso com terapia.
Eu sai do armário como bissexual em fevereiro, no meu aniversário. Data horrível, né? Mas esse foi o dia que me senti confiante para dizer a verdade. Ela ja sabia, já que eu vinha dando indícios há um tempo.
O que aconteceu:
Meses depois, eu comprei mini bandeiras lgbt. Coloquei elas no meu quarto, apenas 2 delas. Ontem minha mãe entrou no meu quarto achando que eu estava dormindo, diz pra si mesma: “Que porra é essa?”, se referindo as bandeiras.
Hoje eu acordei cedo, então quando ela veio para o meu quarto como sempre e me disse: “Que merda é essa?” e arrancou as bandeirinhas de onde estavam, jogando elas na minha cama com agressividade. Em seguida disse “É melhor você não ter comprado isso com meu dinheiro.”, então fechou a porta agressivamente. Quando ela saiu, fiz força para não chorar.
Não sei como reagir a isso. Eu sou uma garota menor de idade com depressão e ansiedade que se ofende por qualquer coisa(trabalhando nisso). Não sei como lidar com esse tipo de coisa. Não irei me calar, tenho orgulho da minha sexualidade. Mas qual o melhor jeito de falar sobre isso?
TLDR: Meses após eu sair do armário eu compro bandeirinhas lgbt. Minha mãe arrancou elas da parede e eu quero chorar.
submitted by machinkkoo to arco_iris [link] [comments]


2020.08.02 13:46 machinkkoo Bandeira lgbt foi um fracasso

Um pouco de contexto:
Minha mãe e eu não temos uma relação boa, muito pelo contrário. A nossa relação é horrível e eu já estou trabalhando nisso com terapia.
Eu sai do armário como bissexual em fevereiro, no meu aniversário. Data horrível, né? Mas esse foi o dia que me senti confiante para dizer a verdade. Ela ja sabia, já que eu vinha dando indícios há um tempo.
O que aconteceu:
Meses depois, eu comprei mini bandeiras lgbt. Coloquei elas no meu quarto, apenas 2 delas. Ontem minha mãe entrou no meu quarto achando que eu estava dormindo, diz pra si mesma: “Que porra é essa?”, se referindo as bandeiras.
Hoje eu acordei cedo, então quando ela veio para o meu quarto como sempre e me disse: “Que merda é essa?” e arrancou as bandeirinhas de onde estavam, jogando elas na minha cama com agressividade. Em seguida disse “É melhor você não ter comprado isso com meu dinheiro.”, então fechou a porta agressivamente. Quando ela saiu, fiz força para não chorar.
Não sei como reagir a isso. Eu sou uma garota menor de idade com depressão e ansiedade que se ofende por qualquer coisa(trabalhando nisso). Não sei como lidar com esse tipo de coisa. Não irei me calar, tenho orgulho da minha sexualidade. Mas qual o melhor jeito de falar sobre isso?
TLDR: Meses após eu sair do armário eu compro bandeirinhas lgbt. Minha mãe arrancou elas da parede e eu quero chorar.
edit: muito obrigada por todo o apoio e pra todos que me deram conselho!!! to pensando em falar com ela q me magoou, mas ainda tenho q ver sobre isso. enfim, muito obrigada pela ajuda!!!!
submitted by machinkkoo to desabafos [link] [comments]


2020.07.25 20:26 MitProAlv A sessão de ontem foi estressante, e eu quero contar a história toda pra alguem.

Eu sou um jogador de rpg de mesa, e recentemente perdi o meu personagem. Foi uma morte triste, mas honrada, e teve um enterro até. Claro que, para próxima sessão, eu teria que fazer um personagem novo, do zero. Eu passei a semana inteira me dedicando à criação dessa nova personagem: O nome dela é Hildr, e ela teve a família massacrada por uma pessoa que almejava o poder de chacal (que você recebe quando mata o chacal atual, no caso, a mãe da Hildr), entao ela quer vingança. Tenha em mente que tanto a história quanto os motivos do personagem, os poderes, as magias, eu passei a semana trabalhando nisso, lendo materiais e pensando em uma historia interessante pra ela e que encaixasse na história atual do universo da mesa, além de ser cativante e dar vida ao personagem (oq eu escrevi foi um resumo básico). Na sessão, eu fui introduzida como uma elfa q caiu de um portal do nada, no meio da loja. Depois de algum tempo com o resto da turma, eu estava me enturmando, usando minhas habilidades para fazer amizade com os outros personagens, usando roupas parecidas, etc. Nisso, um dos personagens, a Hell, não gostou muito de mim, ela tem algo contra elfos. O personagem em questão é controlada por um amigo meu, com o qual eu converso literalmente todo dia. Quando nós encontramos o chacal (um inimigo em comum do grupo inteiro), uma luta épica começou, e antes da luta, a Hell disse: Clériga do grupo, pegue apenas magias de suporte (para ajudar e/ou atrapalhar), e deixe a cura comigo. A clériga concordou, e nao preparou nenhuma magia de cura. Na luta, a Hell estava fazendo algo estranho, ela rastejava pelo campo de batalha, e estava ficando cada vez mais longe para fazer qualquer coisa, enquanto o resto no grupo avançava, ja que o chacal atacava a distância, nós precisávamos chegar mais perto. Realmente, a Hell não agia como alguem que se importava com a vida dos companheiros, afinal, ser o suporte é se arriscar para salvar os aliados, mesmo que isso te coloque em risco. Ela andava metade do que podia, e usava a outra metade para ficar deitada no chão. Eventualmente, aconteceu oq você espera que aconteça: uma das nossas companheiras morreu, porque ficou sem cura, por que a Hell não fez nada. Isso me deixou frustrado, porque a personagem que morreu era amada por todo mundo, ela era gentil e verdadeira, uma personagem incrivelmente bem construida interpretada. Eu xinguei o meu amigo, é claro. Ele estava legitimamente sendo um imbecil gritando com todo mundo sem querer ajudar, e eu estava irritado. Quando o chacal estava prestes a morrer, o aplicativo que estavamos usando para jogar travou, e eu fiquei ainda mais irritado, pois como os personagens jogam em ordem de iniciativa, eu sabia que nao jogaria a tempo de matar o chacal e concluir minha vingança, pois eu ja estava caído no chão, quase morto (por que a Hell ainda estava muito longe pra curar). Enquanto eu estava caída no chão, a própria Hell (que chegou próxima de nós depois de varios turnos) lançou uma magia para me MATAR, invés de tentar me curar para eu me levantar do chão. Isso me deixou tão frustrado q minha cabeça começou a doer, eu sabia que era a enxaqueca chegando. A esse ponto o chacal ja estava morto, e a clériga conseguiu me ressuscitar, mas isso só acontece uma vez por personagem, então da próxima vez que eu morrer eu estou morto mesmo. Quando eu ressuscitei, eu sabia que meu personagem só pensava em sair de perto da Hell, e foi oq ela fez: ela usou teleporte e correu pra longe dela, pra perto de um robô amigável que tambem faz parte do grupo. Eu estava triste, eu só pensava na possibilidade de perder um personagem que eu passei horas e mais horas trabalhando, planejando, lendo e escrevendo, e conversando com o mestre sobre ela, principalmente considerando que eu acabei de perder um personagem que passou pelo mesmo processo uma semana atrás. Mas da última vez, foi azar dos dados, e dessa vez foi culpa da Hell. Eu nem quero mais falar com esse meu amigo, e nao sei qual vai ser o desenrolar da história, afinal, o chacal esta morto, mas quem matou ele é um inimigo muito mais forte (o cavalo da fome), que agora tambem se tornou o chacal. Isso nós leva ao final da história: hoje (na vida real) eu deveria encontrar uma amiga de longa data, que mora muito longe e vem aqui uma vez por ano, mas eu nao consegui ir porque estava com uma dor de cabeça insuportável de manhã (enxaqueca provavelmente resultado da sessão de ontem). Eu nao dormi direito e perdi o apetite, não sei como proceder.
Se você se deu ao trabalho de ler até aqui, muito obrigado. Qualquer comentário é bem vindo, se você tiver algo a dize questionar depois de ler tudo isso.
submitted by MitProAlv to desabafos [link] [comments]


2020.07.23 10:36 diplohora Bruno Rezende : meus estudos para o CACD Parte III – A PREPARAÇÃO INTRODUÇÃO pt 10 a 3ra fase do CACD

Em primeiro lugar, lembro uma coisa muito simples: terceira fase não é segunda fase. Você não precisa se preocupar com propriedade vocabular, vírgulas antes de orações subordinadas reduzidas de infinitivo e coisas do tipo. É óbvio que não vale escrever completamente errado também, mas o que eu quero dizer é que a banca da terceira fase nem sabe das exigências da segunda fase direito, então não precisa se preocupar tanto com aspectos formais da escrita. Obviamente, a necessidade de ter uma tese central e alguns argumentos que a comprovem de maneira coerente permanece, mas isso não é novidade para ninguém. A importância do aspecto formal da terceira fase não está nas palavras e nos termos de uma oração, mas na sequência lógica de argumentos.
Algo bastante importante nas provas de terceira fase é destacar um argumento central, uma tese que responda à questão e que lhe permita apresentar exemplos/construções teóricas e desenvolver argumentos que a comprovem. Nessa situaç~o, vale a velha “fórmula” de dissertaç~o: introdução (com a tese central), argumentação (com uma ideia central por parágrafo, com argumentos que comprovem sua tese central) e conclusão (com retomada da tese e com articulação dos argumentos apresentados). Não há um número ideal de parágrafos, vale o bom senso (evitar parágrafos com apenas uma frase ou excessivamente grandes, mas não é necessário que tenham quase o mesmo tamanho, por exemplo, como ocorre na segunda fase).
Evite juízos de valor muito expressivos. Obviamente, tudo o que você escreve contém um pouco de subjetividade, mas evite adjetivações excessivas e algumas construções, como “é importante ressaltar que…”, “vale lembrar que...” ou “fato que merece destaque é…”.
Evite listagens longas e/ou imprecisas. Por exemplo: se você não se lembra de todos os países que fazem parte de determinado grupo, ou se eles são muitos, evite citações de todos os países (na verdade, não sei por qual motivo alguém iria querer citar os membros de um grupo assim, mas vai que precisa de algumas linhas de “enrolaç~o”, não é?). Ex.: “A UNASUL é composta por Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela”.
Preferir: “A UNASUL é composta pelos doze países latino-americanos (à exceção da Guiana Francesa)” ou “A UNASUL é composta pelo agrupamento dos membros do MERCOSUL e da CAN, acrescidos do Chile, do Suriname e da Guiana”. Quanto a imprecisões, evitar, por exemplo: “A UNASUL é composta por Brasil, Argentina, Venezuela, entre outros”. Se você n~o se lembra de todos ou se o número de países é relativamente grande para citar todos, opte ou pelas alternativas anteriormente apresentadas ou, pelo menos, por algo como “Na UNASUL, destacam-se o Brasil – por sua dimensão territorial, por sua população e por seu peso político-econômico –, a Argentina – importante mercado emergente, com forte setor agrícola voltado à exportação e com indústria diversificada – e a Venezuela – detentora de recursos naturais estratégicos e grande exportadora de petróleo”.
Evite, também, citações e menções excessivas. Elas não devem constituir a base de sua resposta. Excesso de citação de eventos pode ser um problema. Obviamente, citar datas, conceitos e períodos é fundamental, mas o problema começa quando essas referências ocupam frases inteiras, sem argumentação e sem sequência lógica de relações. Veja os Guias de Estudos antigos, para ter uma noção do tipo de resposta preferido pela banca. O importante é não exagerar, para o texto não ficar carregado de informações que, ainda que úteis, não sustentam a tese que responde à questão de maneira consistente. Para conceitos menos conhecidos, convém citar a fonte (de todo modo, ainda que certos conceitos, como “Estado normal”, sejam consagrados na literatura sobre política externa brasileira, dizer que “o país entrou, assim, no período que Amado Cervo define como ‘Estado normal’” me parece boa estratégia – até porque o próprio Amado Cervo já foi da banca corretora vez ou outra; o José Flávio Sombra Saraiva é outro que tenho certeza de que irá adorar ver seu nome mencionado em uma resposta).
Algo bastante útil é evitar criar (e cair em) armadilhas. Se você sabe, por exemplo, que o Pacto Andino foi firmado em 1969, mas não tem certeza se a organização aí criada já se chamava Comunidade Andina de Nações, por exemplo, opte por uma formulação de resposta que evite comprometer-se quanto a isso. Uma sugest~o seria, por exemplo: “Firmado em 1969, o Pacto Andino consubstanciou importante passo para a criaç~o da Comunidade Andina de Nações (CAN)”. Desse modo, você evita incorrer no erro de atribuir ao Pacto a responsabilidade pela criação da CAN, sem deixar de destacar sua importância para que isso ocorresse posteriormente. Evite, também, conceitos “politicamente incorretos” ou em desuso, como “governo neoliberal” (preferir “governo associado aos princípios do Consenso de Washington”, por exemplo), “país subdesenvolvido” (preferir “país de menor desenvolvimento relativo”, por exemplo) etc.
Para boa parte dos argumentos a ser empregados na terceira fase, a leitura atenta e o fichamento das melhores respostas dos Guias de Estudos anteriores podem ajudar bastante. Eu tive um professor de cursinho, o Ricardo Macau, que gostava de dizer que o intuito de fichar os Guias de Estudos era, simplesmente, roubar argumentos. Ninguém precisa inventar novos argumentos, para tentar “chocar” a banca. Se a banca publica um Guia de Estudos anualmente, dizia ele, é para mostrar a todos os candidatos o que ela queria ler como resposta naquela questão e o que ela quer ler nas respostas dos concursos dos anos seguintes. Dessa maneira, não há nenhum constrangimento em fichar os principais argumentos das provas dos anos anteriores e em usá-los nas questões pertinentes da terceira fase. Alguns desses argumentos foram muito úteis para mim, especialmente nas provas de História do Brasil, de Política Internacional e de Direito.
Uma coisa que pouca gente fala é que os Guias de Estudos nem sempre são cópias fidedignas das respostas dos candidatos. A organização do concurso entra em contato com os autores das respostas selecionadas e solicita que os próprios autores digitem suas respostas. Os candidatos podem fazer eventuais alterações pontuais de algumas imprecisões, mas alguns poucos acabam exagerando. Para quem está se preparando para o concurso, não poderia haver nada pior, já que não podemos ter uma noção exata de qual tipo de resposta foi avaliado como suficiente pelos examinadores (por saber que era possível alterar, eu sempre ficava em dúvida: será que ele/ela ganhou essa nota escrevendo tudo isso mesmo?). J vi gente dizendo que “quem consegue fazer as melhores respostas deu sorte, porque fez mestrado ou doutorado no assunto, pelo menos”, e isso é completa mentira. O que ocorre é que essas pessoas souberam conjugar estudo eficiente e capacidade de desenvolvimento analítico diferenciada que sejam convertidos em uma argumentação clara e consistente. Para isso, não tem mestrado ou doutorado que adiante. Em algumas questões, você sente ser capaz de escrever o dobro ou ainda mais sobre aquele assunto (principalmente, nas questões de 60 linhas), mas o que mais conta, no fim das contas, é a forma, o modo como você organiza suas ideias, os argumentos de que você faz uso etc.
Na prova de História do Brasil, alguns temas são mais ou menos recorrentes. Definição das fronteiras nacionais, política externa do Império, política externa dos governos Quadros-Goulart (Política Externa Independente), política externa dos governos militares (especialmente, Geisel), relações do Brasil com a América do Sul (destaque para as relações Brasil-Argentina desde o século XIX), relações do Brasil com a África (do período da descolonização até a década de 1980). Obviamente, há inúmeros outros temas (bastante pontuais às vezes) que também são cobrados, mas eu acho que, se eu tivesse só uma semana, para estudar tudo de História do Brasil, eu escolheria esses temas. Ainda que eles não sejam cobrados diretamente, podem ser encaixados em muitas outras questões.
A prova de Inglês consiste de uma tradução do Inglês para o Português (valor: 20 pontos), de uma versão do Português para o Inglês (valor: 15 pontos), de um resumo de texto em Inglês (valor: 15 pontos) e de uma redação sobre tema geral (valor: 50 pontos). As notas de Inglês são, geralmente, bem mais baixas que as das demais provas, o que, considerando que boa parte dos candidatos que chega à terceira fase tem alguma experiência no domínio avançado da língua inglesa (acredito eu), é claro sinal de que a cobrança é bastante rigorosa, e apenas conhecimentos básicos da língua não são suficientes.
Quanto à tradução e à versão, não tenho muito a dizer. Há dedução de 1,00 ou de 0,50 pontos (dependendo do tipo de erro) do valor total do exercício para cada erro de tradução13. O vocabulário cobrado nem sempre é muito simples (um ou outro termo pode ser mais complicado), mas, em geral, não há muitos problemas. Normalmente, as notas da tradução são bem maiores que as notas da versão. Um pequeno “problema” nas traduções e nas versões é o seguinte: o examinador escolhe, tanto nas traduções para o Português quanto nas versões para o Inglês, algumas expressões que ele quer, obrigatoriamente, que o candidato use determinados termos que correspondam àquela palavra ou expressão na outra língua. Assim, por exemplo, se há o termo “vidente”, para ser traduzido para o Inglês, e se o examinador escolheu essa palavra, para testar os candidatos, você ser penalizado, se tentar dizer isso com uma express~o como “a person who foresees” ou coisa do tipo. Se o examinador, entretanto, não houver escolhido essa palavra como teste, você poderá não perder nenhum ponto por isso. O maior problema é que, obviamente, você não sabe quais são as expressões que serão escolhidas enquanto faz a prova. Pode ser que uma expressão para a qual você não conhece a tradução exata não seja uma das escolhidas pelo examinador, e dizer a mesma coisa de outra maneira (com uma frase ou com uma expressão mais longa que exprima o mesmo sentido) pode não implicar penalização. Enfim, não há como saber isso antecipadamente, então a melhor alternativa é, sempre, a tradução o mais fidedigna possível. De toda forma, se não souber, aí não tem jeito, invente alguma coisa, pode ser que seja aceita. Só nunca, nunca, deixe um espaço em branco, pois isso atrai os olhos do examinador, e ele saberá que já tem algo faltando ali. Mesmo que você não tenha nenhuma ideia do que alguma coisa signifique ou de como traduzir, invente palavras, crie sinônimos que não existem, faça qualquer malabarismo linguístico que estiver a seu alcance, só não deixe espaços em branco. Como os examinadores corrigem mais de duzentas provas (números de 2010 e de 2011), pode ser que alguns erros acabem passando despercebidos.
13 Segundo o Guia de Estudos: menos 1,00 pontos por falta de correspondência ao(s) texto(s)-fonte, erros gramaticais, escolhas errôneas de palavras e estilo inadequado; menos 0,50 pontos por erros de pontuação ou de ortografia. Apesar dessa previsão no Guia de Estudos, a banca também tem considerado, nos últimos concursos, que também se subtraem 0,50 pontos por erro de preposição, ao invés de 1,00 pontos.
O resumo do texto em Inglês costuma surpreender alguns candidatos com baixas notas. A atribuição de pontos é feita de acordo com uma avaliação subjetiva que considera várias coisas: quantidade de erros, abrangência de todos os pontos selecionados pelo examinador como os mais importantes do texto etc. Não é necessário incluir exemplos no resumo, que deve, com suas palavras, abranger todos os principais temas discutidos no texto, seus argumentos e sua linha de raciocínio (os temas e os argumentos podem ser apresentados na ordem que você considerar mais interessante, não é necessário seguir a ordem do texto). No resumo, não se emite opinião sobre o texto, e n~o é necessrio dizer “o autor defende”, “segundo o autor” (em Inglês, obviamente). Como se trata do resumo de um texto, é evidente que tudo o que está ali resume as opiniões do autor. Não é necessário fazer uma introdução e uma conclusão, você perderá muito espaço, e não é esse o objetivo do resumo. Seja simples e direto, acho que é a melhor dica.
O comando indica um máximo de 200 palavras, mas eles não contam. Já vi professores dizendo para que os alunos fizessem, obrigatoriamente, entre 198 e 200 palavras, mas, se você buscar os Guias de Estudos anteriores, verá que há resumos que fogem a esse padrão (para baixo ou para cima) e que foram escolhidos como o melhor resumo daquele ano. É claro que você não vai escrever 220 palavras, mas acho que umas 205, mais ou menos, estão de bom tamanho (escrevi um pouco mais de 200, acho que 203, não sei). A professora do cursinho de terceira fase dizia que podíamos fazer até cerca de 210 (desde que a letra não fosse enorme, para não despertar a curiosidade do examinador) que não teria problema. É claro que o foco deve estar nos 200, esse valor superior é apenas para o caso de lhe faltarem algumas palavras, para encerrar o raciocínio.
Em 2011, os 15,00 pontos do resumo foram divididos em duas partes: 12,00 pontos para a síntese dos principais aspectos do texto e 3,00 pontos para linguagem e gramática. O examinador determinou que havia seis tópicos principais do texto que deveriam ser incluídos no resumo e atribuiu até dois pontos para a discussão de cada um desses tópicos. Obviamente, não há como saber quantos serão esses tópicos. O melhor a fazer é tentar tratar de todos os aspectos mais importantes do texto com o mínimo possível de palavras. Se sobrarem 10 ou 15 palavras, não desperdice, faça uma frase a mais, quem sabe isso pode lhe render alguns preciosos décimos a mais.
A redação em Inglês é de 45 a 60 linhas, com valor de 50 pontos. Esses 50 pontos são distribuídos em: planejamento e desenvolvimento (20 pontos), qualidade vocabular (10 pontos) e gramática (20 pontos), com penalização de 1,00 ou de 0,50 pontos por erro, de acordo com o tipo de erro14 (descontados da parte de gramática). Nota zero em gramática implica nota zero na redação (logo, cuidado para não zerar). Há penalização de 1,00 pontos para cada linha que faltar para o mínimo estabelecido.
Normalmente, a redação trata de temas internacionais de fácil articulação. Não há recomendações de número de parágrafos, de número de linhas por parágrafo ou coisa do tipo. As principais coisas a observar são: ter uma tese central, usar argumentos que a sustentem, e, sobretudo, fornecer exemplos. Ao ver espelhos de correção de concursos anteriores no cursinho, fica evidente que muitas notas de planejamento e desenvolvimento são mais baixas devido à ausência ou à insuficiência de exemplos, como indicam os comentários dos examinadores em provas anteriores (a prova de Inglês é a única da terceira fase que vem com comentários e com marcações). Eu diria, portanto, que é necessário prestar atenção na argumentação coerente que comprove a tese, é claro, e no fornecimento de vários exemplos que sustentem a argumentação apresentada. É claro que só listar dezenas de exemplos pode não adiantar nada, mas, se você souber usá-los de maneira coerente, como complemento à argumentação, acho que poderá ser bem recompensado por isso. Ao contrário do que já vi dizerem por aí, não há penalizaç~o por “ideologia” discrepante daquela da banca. Aproveitando a temática da prova de 2001, não interessa se você é contra ou a favor da globalização, o importante é elencar argumentos fortes e sustentá-los com exemplos pertinentes.
14 Segundo o Guia de Estudos, menos 1,00 pontos por erro (exceto para erros de pontuação ou de ortografia, para os quais há subtração de 0,50 pontos). Apesar dessa previsão no Guia de Estudos, a banca também tem considerado, nos últimos concursos, que também se subtrai 0,50 pontos por erro de preposição, ao invés de 1,00 pontos.
Por fim, a parte de qualidade vocabular não se refere só ao uso de construções avançadas de Inglês (inversões, expressões idiomáticas etc.). De nada adianta usar dezenas de construções avançadas, se você tiver muitos erros de gramática. Os 10 pontos de qualidade vocabular levam em consideração tanto o número de construções avançadas que você usou quanto o número de erros de gramática que você teve. Ainda que você use poucas construções avançadas, se não errar nada de gramática (ou se errar muito pouco), sua nota nesse quesito deverá ser bem alta. Dessa forma, acho que o melhor a fazer é preocupar-se, primeiramente, com gramática. Uma pequena lista de expressões idiomáticas passíveis de se empregar, combinada com o uso de construções mais avançadas (como inversões, por exemplo), já pode significar boa nota de qualidade vocabular, se você não perder muitos pontos de gramática. Não vou dizer quais usei, senão todo mundo vai usar as mesmas e ninguém vai ganhar pontos. Usem a criatividade: vejam expressões diferentes, palavras conotativas apropriadas, verbos e palavras mais “elaborados” etc.
Em resumo, acho que o principal da redação é: errar pouco em gramática e fornecer exemplos. Com isso e com bons argumentos, sem fugir ao tema, eu diria que há boas chances de uma nota razoável.
A prova de Geografia é, a meu ver, uma das mais chatas e imprevisíveis. Cada ano, a prova é de um jeito, ora cobra Geografia física, ora cobra teoria da Geografia etc. No geral, acho que a banca não tem muita noção de que está avaliando conhecimentos importantes para o exercício da profissão de diplomata, não de geógrafo. Assim, frequentemente, aparecem algumas questões bem loucas. O bom das questões mais chatas de Geografia é que a banca costuma ser mais generosa na correção. Há alguns anos, uma questão sobre minérios na África, por exemplo, aterrorizou muitos candidatos, mas, na hora da correção, segundo um professor de cursinho, as notas não foram tão baixas. Por isso, não se preocupe tanto com essas questões mais espinhosas que, eventualmente, aparecem na terceira fase de Geografia.
Em 2011, uma das questões (sobre navegação de cabotagem no Brasil, na década 2001-2010) havia sido tema de uma reportagem do programa Globomar duas semanas antes da prova. Para falar a verdade, eu não sabia nem o que era Globomar, se era uma reportagem do Fantástico, um quadro do Faustão ou a nova novela das sete, mas, como um raio pode cair duas vezes no mesmo lugar, não custa nada informar para que você fique atento a algumas dessas questões mais recentes. Não precisa gravar e tomar notas de todo Globomar daqui para frente. Dar uma olhada nos temas desse tipo de programa, de vez em quando, já deve ser mais que suficiente. Vale dizer que o mais importante é, sempre, Geografia do Brasil. Não precisa assistir o National Geographic sobre monções no Sri Lanka, porque não vai cair. De todo modo, assuntos relativos à costa e ao litoral brasileiros são reincidentes no concurso.
Muitos falam sobre a necessidade de usar o “miltonsantês”, como s~o conhecidos os conceitos de Milton Santos, nas respostas de terceira fase. É algo meio batido, mas acho que todo mundo que faz, pelo menos, o cursinho preparatório para a terceira fase deverá ouvir alguma coisa a respeito, então não se preocupe com isso. Se der para usar alguns conceitos em determinadas questões, use sem exageros. Esses termos podem render bons olhos com a banca, mas ninguém tira total só porque escreveu dez conceitos miltonianos na resposta.
Algumas argumentações s~o “coringas” em Política Internacional. Alguns conceitos, como “multilateralismo normativo”, “postura proativa e participativa”, “articulaç~o de consensos”, “reforma da ordem”, “juridicismo”, “pacifismo”, “pragmatismo”, “autonomia pela participaç~o” etc., poderão ser encaixados em quase todas as respostas de terceira fase. Relações Sul-Sul, América do Sul, BRICS, IBAS, África também são temas que poderão ser empregados em diversos contextos (temáticas recorrentes nos últimos concursos). Desse modo, saiba usar esse conhecimento a seu favor. Se há uma questão que pede comentário sobre algum aspecto da política externa brasileira contemporânea, citar esses conceitos já pode ser bom começo.
Não custa nada lembrar que você está fazendo uma prova para o Ministério em que você pretende trabalhar pelo resto da vida. Criticar a atuação recente do MRE não é sinal de maturidade crítica ou coisa do tipo, pode ter certeza de que n~o ser bem visto pela banca corretora. N~o precisa “puxar o saco” do governo atual descaradamente, mas considero uma estratégia, no mínimo, inteligente procurar ressaltar que, apesar de eventuais desafios à inserção internacional do Brasil, o país vem conseguindo alçar importantes conquistas no contexto internacional contemporâneo, como reflexo de sua inserção internacional madura, proativa e propositiva. Na prova de 2011, a prova da importância de saber a posição oficial do MRE com relação a temáticas da política internacional contemporânea ficou evidente em uma questão que pedia que se discutisse a situação na Líbia, apresentando a posição oficial do governo brasileiro e os motivos para a abstenção do Brasil na votação da resolução 1.973 do Conselho de Segurança da ONU. Saber a posição oficial do governo sobre os principais temas da agenda internacional contemporânea é fundamental na terceira fase. Na primeira fase também: em 2011, um item dizia que o MRE usava a participação na MINUSTAH como “moeda de troca” para o assento permanente no Conselho de Segurança da ONU. Por mais que a mídia sensacionalista diga isso e por mais que você, porventura, acredite nisso, não é essa a posição oficial do Ministério, então isso não está correto e ponto. Seja pragmático e tenha, sempre, em mente que você está fazendo uma prova para o governo. Em dúvida, pense: o que o governo brasileiro defende nessa situação? Essa posição vale tanto para a primeira fase quanto para a terceira.
Com relação à prova de Direito, é uma avaliação, a meu ver, bastante tranquila e uma das mais bem formuladas. Não há grandes segredos, e a leitura (acompanhada do fichamento) dos Guias de Estudos antigos é fundamental. Muitos estilos de questões repetem de um ano para o outro, e alguns argumentos gerais sobre o fundamento de juridicidade do Direito Internacional Público, por exemplo, são úteis quase sempre. Ultimamente, a probabilidade de questões sobre Direito interno propriamente dito tem sido reduzida a temáticas que envolvam o Direito Internacional (como a questão sobre a competência para efetuar a denúncia a tratados, cobrada em 2010). Em Direito Internacional Privado, o que já foi cobrado do assunto, em concursos recentes, esteve relacionado à homologação de sentença estrangeira, assunto bastante básico e tranquilo de estudar. Em Direito Internacional Público (DIP), atenção especial à solução de controvérsias (meios pacíficos, meios coercitivos, meios jurídicos e meios bélicos), ao sistema ONU e ao sistema de solução de controvérsias da Organização Mundial do Comércio, além do supracitado fundamento de juridicidade do DIP (“afinal, por que o DIP é Direito?”). Uma dica que vale tanto para as questões de Direito quanto para as de Economia é tomar cuidado com o número de linhas. Como há questões de 60 e de 40 linhas, corre-se o risco de perder muito espaço com argumentos e ilustrações não necessários à questão. Nas provas dessas duas matérias, não acho que seja tão necessário preocupar-se tanto com a introdução e com a conclusão nas questões de 40 linhas (nas de 60, se houver, devem ser bem curtas), pois não há espaço suficiente para isso. Em minhas provas de terceira fase, apenas respondi a essas questões de 40 linhas diretamente.
A prova de Economia mudou muito, se você comparar as provas de 2008-2009 às de 2010-2011, por exemplo. Anteriormente, havia questões enormes de cálculos, equações de Microeconomia etc. Em 2010, a única questão que envolvia cálculo era ridiculamente fácil. Em 2011, para melhorar a situação daqueles que não gostam dos números, não havia um único cálculo nas questões, todas elas analíticas. Além disso, as cobranças anteriores de Economia Brasileira focavam, especialmente, no período da República Velha (isso se repetiu em 2010). Em 2011, até mesmo o balanço de pagamentos atual do Brasil e a economia dos BRIC na atualidade foram objetos de questões. Talvez seja uma tendência da prova de Economia dos próximos anos, de priorizar o raciocínio econômico, em detrimento dos cálculos matemáticos que aterrorizavam muitos no passado. Ainda que eu não tenha problemas com cálculo (e goste bastante, inclusive), devo admitir que me parece muito mais coerente cobrar economia dos países do BRIC do que insistir nos cálculos de preço de equilíbrio, quantidade de equilíbrio, peso-morto etc., se considerarmos que se trata de uma prova que visa a selecionar futuros diplomatas (aí está uma lição que a banca de Geografia precisava aprender).
Ainda que, à primeira vista, esse novo tipo de prova possa parecer mais fácil, pode não ser tão tranquilo quanto parece. Por mais contemporâneas que as questões sejam, acho que os candidatos correm o sério risco de confundir a prova de Economia com uma prova de Política Internacional (por envolver BRIC, por exemplo). Lembre-se, sempre, de que quem corrige as provas de Economia são economistas. Como economistas, eles valorizam o raciocínio econômico, com o uso de conceitos econômicos, e é isso o que deve ficar claro, em minha opinião, em questões como essa. Tenho maior facilidade com esse raciocínio econômico e com os conceitos da disciplina, por haver participado da monitoria de Introdução à Economia da UnB por quatro semestres. A quem não teve essa experiência, para acostumar-se a esse “economês”, nada melhor que bons noticirios de Economia:
- Brasil Econômico: http://www.brasileconomico.com.b
- Financial Times: http://www.ft.com/home/us
- IPEA: http://agencia.ipea.gov.b
- O Globo Economia: http://oglobo.globo.com/economia/
- The Economist: http://www.economist.com/
- Valor Econômico: http://www.valoronline.com.b, entre vários outros.
Obviamente, não precisa ficar lendo todas as notícias postadas em todos esses sites, todos os dias. Já tentei o esquema de ler uma notícia por dia de uns cinco sites de notícias e cansei facilmente. Não acho que seja possível dizer um número ideal de notícias econômicas lidas por semana, mas sei lá, umas duas ou três já são melhor que nada.
submitted by diplohora to brasilCACD [link] [comments]


2020.07.22 19:01 VercettiPT [AJUDA] - Rescisão com MEO durante fidelização (troca de casa)

Viva,
Preciso de alguma ajuda ou esclarecimentos sobre o assunto do título. Tenho actualmente um contrato com a MEO válido por mais 12 meses. Tenho um contrato de TV (200 canais) + Internet (100mb) + Telemóvel (3GB/mês). Pago mensalmente cerca de 44€.
No entanto, irei mudar de casa no próximo mês. Dirigi-me a uma loja MEO para agendar essa mudança e inicialmente disseram-me que tinha que pagar 25€ pela mudança. Tudo bem, pensei eu. Mas depois indicaram-me que iriam celebrar um novo contrato, com fidelização de 24 meses e as condições seriam distintas (TV com 200 canais + Internet 200mb + telemóvel 1GB/mês) por 54€. Ou seja, tenho que pagar mais 10€/mês e perco 2GB/mês no telemóvel (ganho mais velocidade da net em casa, mas isso interessa-me zero).
Expliquei que gostaria de manter as mesmas condições do contrato e disseram-me que era impossível. A desculpa que dão é que as condições do meu contrato são antigas e já não estão no sistema. Além disso, se quisesse rescindir o contrato tinha que pagar cerca de 400€. Ou seja, ou pago mais 10€ por mês durante 24 meses para um serviço pior, ou pago 400€ para rescindir
Isto faz sentido? Consigo rescindir porque não estão a cumprir com o contrato?
Obrigado desde já

UPDATE: Caso alguém visite este tópico e esteja a passar por uma situação semelhante, quero deixar a forma como resolvi o problema com sucesso, graças a ajuda de pessoal do forum ZWAME que me indicou o procedimento para não ser chulado.
PASSO 1 - Ir a My Meo, área pessoal > Pedidos
PASSO 2 - Criar Pedido de Cessação
PASSO 3 - Preencher os campos necessários, fazer download do formulário, preencher e assinar e fazer upload
PASSO 4 - Indicar uma data de cessação de contrato conveniente (pelo menos 15 dias úteis após a submissão do pedido de cessação)
PASSO 5 - Ir vendo em My MEO se o pedido de cessação foi aceite. Se for, perfeito.
PASSO 6 - Esperar tranquilamente :)
PASSO 7 - Um dia antes ao dia de cessação do contrato proposto por vocês, alguém da equipa de retenção da MEO vai ligar-vos. Vai perguntar-vos o porquê de sair, que provavelmente vão ter que pagar a rescisão. Digam que não interessa, porque têm uma proposta bem mais barata e até já estiveram a ver o site da ANACOM e da DECO e eles dizem que não têm que pagar rescisão nenhuma porque a MEO não consegue manter os valores do contrato que tinha
PASSO 8 - Eles vão pedir "por curiosidade" qual é a nova morada para onde nos vamos mudar e, após algum tempo, dizem que afinal têm uma proposta fantástica para essa nova morada no sistema. (no meu caso, mantiveram-me o preço que tinha acima mas agora com 500 mb de net, 2 tlms com 7 GB cada e box 4k). Aceitam e pronto, estão presos mais 24 meses, mas com condições únicas que só a equipa de retenção vos pode oferecer. Atenção, estas propostas só conseugem ser obtidas pela equipa da MEO que nos liga, se ligarem para o 16200 nunca terão propostas tão atractivas.
Eespero que ajude!
submitted by VercettiPT to portugal [link] [comments]


2020.07.19 10:44 anaxbello Devo expulsar minha avó da minha vida?

(Agr q eu reparei q meu usarname do reddit é meu nome real então se por um acaso aparecer minha história em vídeo oculte meu nome de usuário, quero evitar problemas, please)
Olá pessoal do reddit, gatas, falecido fodrigo raro, donos do canal, Luna e convidado que nunca tem mas a esperança é a última de morre. Eu to meio que postando aqui como desabafo (a história é longa mas tentarei reduzir ao máximo mas detalhes são importantes para vocês julgarem), quero saber se estarei fazendo a coisa certa, e se serei babaca nessa história. Busco o conselho e o julgamento de vocês.
Bom... aqui vão algumas características da minha avó (que tem 70 anos): ela diz não ser racista mas quando namorei um menino negro ela perguntou se não tinha opção mais branquinha (ps.: ela é parda); ela dizia não ser homofóbica mas desde criança ela me perguntava "você não é sapatão NÃO NÉ?!", depois que eu me assumi bi ela disse que tentava só me tirar do armário a força (sim, ela usou a palavra "a força"); ela odeia todos os meus amigos por motivos ridículos como "você fala muito palavrão porque tal amigo fala também e você o copia" (sendo que ela me ensinava palavrão aos 5 anos de idade); desde pequena minha mãe fala "não conta isso pra sua avó porque ela pode encher o seu saco, e depois vai encher o meu saco palpitando na criação que eu te dou (e são coisas idiotas, exemplo comer salsicha com ovo mexido no café da manhã); ela me leva pra viajar sempre e conhecer novos lugares, sou muito agradecida mas se não quero fazer algo com ela, ou faço com outra pessoa ela faz jogos mentais e chantagem emocional como se eu fosse uma neta interesseira; ela é bastante fofoqueira (como contar que o filho da vizinha/amiga dela é gay, ps.: eu já sabia disso porque nós já fomos amigos, e disse pra ela "ele me contou mas não sou fofoqueira então não falei isso pra ninguém", ela me chamou de arrogante); além dela já ter invadido minha privacidade diversas vezes tomando o celular da minha mão (praticamente todos os meu telefones celulares que tive foram dados de presente por ela de aniversário, e ela usa isso como "vantagem/desculpa" para fazer o que quer) pra ver conversas e galeria, e de me forçar a escrever a senha do meu telefone na geladeira dela pra ela mexer quando quiser, mudei a senha e quando descobriu disse que se eu estiver morrendo e o celular dela não tiver bateria eu vou morrer e vou receber o "castigo do universo" (palavras dela).
Minha avó é mais coisas que essa pequena listinha mas já deu pra entender que ela é um tipo de parente tóxico. Nossa família sou eu, minha mãe, minha avó e minha tia-avó (irmã casula da minha avó). Então ela faz uns joguinhos de falar mal de alguém pras outras pessoas da família e tenta te jogar pro lado dela, isso acontece direto em alguma data comemorativa quando alguém vai ao banheiro. Nessa época de quarentena tem sido bem difícil porque ela exige atenção mas tem todo um desgaste emocional com ela, mesmo que só por telefone. Quando eu morei com ela pra fazer meu ensino médio numa escola melhor, coincidentemente meses depois eu desenvolvi ansiedade e passei a tomar vários remédios (isso tem 5 anos, e até hoje não consigo largar eles) minha mãe me levava ao psiquiatra sem minha avó saber e comprava os remédios e eu escondia com medo dela jogar fora (porque ela já fez isso uma vez quando eu tive que tomar antibiótico quando eu tinha uns 10 anos). Ela não acredita que eu tenho essa "doença", porque quando estou com ela eu não tenho crise (hoje em dia eu só fico com ela quando viajamos ou ela precisa de ajuda minha em algo, mas sempre arrumo desculpa para ir pra casa logo para não ter crise e ter que fingir que está tudo bem, isso só torna a crise mais intensa, uso desculpas como "tenho médico 6hrs da manhã do lado da minha casa). Eu geralmente ligo pra ela nessa pandemia uma vez na semana e minha mãe liga nos outros dias já que eu estou em crise de depressão constante e ela tenta segurar a barra pra mim. E sempre que ligo é "você sabe a última vez que você me ligou? foi tal dia....", ela fica uns 20 minutos falando disso, mais 20 é ela reclamando que não respondo mensagens das redes sociais (já falei pra ela mil vezes que saí de tudo pois não me fazia bem, e ela insiste que eu instale e faça login, só para responder uma mensagem positivista de pande***, e eu odeio mensagem positiva de que tudo vai ficar bem, e ela sabe disso, mas entra por um ouvido e saí pelo outro), 2 min é dela falando de receita que ela fez, uns 10 min falando que eu e minha mãe tomamos remédios demais porque queremos porque 'ELA TAMBÉM TEM ANSIEDADE E SABE SE CONTROLAR E FECHAR A BOCA PARA NÃO ENGORDAR É SÓ A GENTE APRENDER TAMBÉM QUE A ANSIEDADE VAI EMBORA' (ela é aquela pessoa que tenta competir em quem está mais na merda) e 1 FUNKING HORA falando sobre fofoca alheia.
Sempre que converso com ela fico uns 2 dias de cama me sentindo mal, sem comer (só como quando meu amigo me obriga, levando comida no meu quarto), ainda bem que esse meu amigo que mora comigo é bem compreensivo e tenta me animar (foi ele que me fez voltar a assistir vídeos do luba, pois eu parei de ver vídeos do youtube a uns 2 anos por achar que isso estava tirando meu foco da faculdade). Ps.: gostei da evolução do lubatv, consigo me identificar mais com o ser Lucas.
Mas és que vem a pergunta, sou babaca de cogitar dar adeus para a minha avó? Meus amigos falam que tenho que aproveitar enquanto ela está aqui e tals mas é muito desgaste emocional para mim e fico pensando no que será melhor pra mim. (eu sei que quando eu conversar com ela irá dizer "você quer me deixar só porque não estamos podendo viajar", mas eu juro que não é isso, e mesmo se fosse seria muito sacrifício só por viagens de graça e presentes caros).
E aí? Devo tira-la da minha vida? E outra, serei muito babaca se fizer isso (um pouco babaca eu já sei que serei porque é família e ela já é pequena)???
submitted by anaxbello to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.16 18:45 Marcoshcf2 Mudança de carreira - Supply Chain p/ TI

Recentemente, devido ao impacto do covid, minha empresa demitiu 500 funcionários, eu fui um deles. Trabalhei quase uma década com planejamento de demanda, trabalhei diariamente com Excel, escrevendo Macros e montando fórmulas.
No semestre passado comecei no curso de ADS na FMU, estou gostando bastante e agora quero mudar de carreira.
Acredito que data science seja uma boa opção, já que eu tenho o perfil mais analítico e já tenho experiência em business.
Gostaria da opinião de vocês sobre como eu posso me preparar para buscar o mercado de trabalho na área, o que eu preciso estudar, quais academias de programação valem a pena meu dinheiro e de quanto tempo médio eu precisaria pra estar apto a buscar o mercado.
Eu já tenho conhecimento básico em Python e C#, porém, agora eu tenho tempo o suficiente para passar o dia inteiro estudando.
Obs. Eu falo inglês fluente, entendo que isso ajuda na procura de tutoriais.
Muito obrigado!
submitted by Marcoshcf2 to devpt [link] [comments]


2020.06.28 03:10 oakvictor 6 - Evolução Planetária

Quero pedir desculpas pela demora em produzir esse texto. Estou completamente enrolado com trabalho nessa quarentena, trabalho por conta própria como professor e designer free-lancer e estou vendo oportunidade de crescer minhas redes sociais para a pós pandemia eu já ter um nome maior no mercado. Por isso, para ficar mais fácil, qual tema vocês acham que eu deveria escrever na próxima? Levando em conta a ordem necessária para alguém que nunca teve contato começar a entender melhor. Bom, vamos lá:
6 - Evolução Planetária
Nosso planeta está hoje passando majoriatariamente pela provas e expiações. Os estágios evolutivos são: mundo primitivo, expiações e provas, regeneração, ditosos e divinos. Isso não significa que todos estão no mesmo estágio de evolução, mas que a maior parte da população se encontra no provas e expiações.
Nossa fase atual se baseia em pagar por erros cometidos em encarnações, tentando se ajustar espiritualmente, sendo um espírito melhor a cada encarnação. Provas são as nossas dificuldades, acontecimentos terrenos, e até mesmo os acontecimentos bons que acontecem, e a nossa forma de reagir a eles são considerados provas por alguns espíritas.
Já li que a Terra deixou a fase primitiva e passou ao expiações e provas quando chegaram aqui os Exilados de Capela, quando as civilizações começaram a se formar com base mais sólida ao redor do globo.
Os exilados seriam espíritos originais do sistema solar da estrela Capela, onde evoluíram cientificamente mas não moralmente, portanto atrapalhavam o desenvolvimento dos que já estavam em outro nível de bondade. Isso não significa que eles eram maus, já que o conceito de mau é nossa interpretação, apenas foram enviados para cá para ter um local mais apropriado para suas provas e expiações. Inclusive, talvez você seja um exilado.
Geraldo Lemos, amigo íntimo de Chico Xavier diz que a Terra se tornará um planeta de regeneração em 2057, mostrando que nesse ano teremos mais pessoas em estado de regeneração do que em provas e expiações. Ou seja, estamos encarnados novamente no período pós Data Limite, pré regeneração.
Não é que um planeta em regeneração seja maravilhoso, ele é como andar de muletas depois de um acidente, onde você começa a se recuperar de uma situação trágica que foi o estágio anterior onde ainda havia maldade demais para bondade de menos.
A maldade do mundo não é culpa de Deus, mas dos espíritos ainda evoluindo. Façamos nossa parte nesta fase: espalhemos amor, compreensão, empatia, respeito e falemos da doutrina espírita para quem quiser ouvir.


https://reddit.com/link/hh5kfo/video/3gg4sv8jwj751/player
submitted by oakvictor to Espiritismo [link] [comments]


2020.06.20 22:13 izamariali Rennon

Olá,Sua namorada aqui (eae)não sei o que deu em mim pra fazer esse vídeo,eu ia fazer mesmo só mais uma carta que eu sempre faço e seria mais uma pra contar o quanto eu te amo e coisas desse tipo,pensei tbm em só falar pessoalmente (essa é a mais difícil de acontecer)mas depois eu desisti pq eu quero que entre na sua cabeça que eu amo você ou tudo que eu dizer aqui,algumas você releve tá não sou tão boa com isso,olha você pode ter certeza que eu errei muito fazendo esse vídeo,que eu nunca sei se estou fazendo certo,eu escrevi um mine “roteiro” pra saber alguns tópicos para falar e eu escrevi e reescrevi li e reli tudo isso pra ficar o mais importante possível,eu não sei como você tá vendo isso pq eu planejei várias coisas pra conseguir mandar isso pra você,eu ia mandar pra lydia pra ela te mandar hj,ou Kevin,ou Robson,ou Jhecy,acredita em mim eu pensei eu tudo,não sei se ficou bom mas eu pensei,esse é um daqueles vídeos que eu falo que te amo o vídeo inteiro ,mas não é esse o único intuito,quero tentar explicar o por que,quero fazer esse vídeo para toda vez que você estiver mal,ou que a gente brigar,eu quero que você venha ve-lô e sempre lembrar que eu tou só seu lado,vamos começar,eu sei que não é uma data especial demais,sei que é mais um mês e sei tbm que é mais uma meta comprida para o nosso objetivo que seria o resto da vida,eu amo você,eu sinto que eu te amo demais,eu sinto que mesmo que eu tente dizer todos os dias que te amo para o resto da minha vida não vai ser o suficiente,eu posso ficar horas e horas falando o que eu amo em você,eu te amo tanto que eu não sei oq dizer o tá você ,eu amo o jeito que você sorri enquanto fala,eu amo o jeito que as linhas do seu rosto são perfeitos,eu amo seu jeito de andar,amo a sua voz,eu amo tanto você que eu não sei oq fazer em hora de raiva cntg,eu te amo que eu não consigo ver defeitos em você,eu amo tanto você,eu sei que você guarda minhas cartas,e sabe que eu amo escrever sobre você,falar,pensar.Como já diria o sábio Gabriel Elias mesmo sem ouvir sua voz eu penso em nós,eu amo você e disso você sabe,olha amor eu sei que nada pode impedir da gente crescer junto,e viver junto,hj em catolé queria um lugar bonito pra te mostrar isso,estou junto cntg,eu estou pra você e com você,amor eu não quero prometer que vou fazer uma coisa mais especial a cada mês,mas prometo tentar fazer vc me amar mais a cada dia,assim como eu te amo Eu não sei se você percebeu que eu estou sem a minha aliança,mas... vai eu do futuro entrega aí 😌
View Poll
submitted by izamariali to u/izamariali [link] [comments]


2020.06.19 18:47 gzn_br A Springer deixou vários livros gratuitos prontos para download!

No twitter meu apareceu uns dias atrás algo bem interessante, essa editora/publicadora disponibilizou vários livros gratuitamente:
LINK: https://towardsdatascience.com/springer-has-released-65-machine-learning-and-data-books-for-free-961f8181f189
Como eu estou meio cansado de ficar toda hora vendo linguagem de programação nova quero aprender algo mais conceitual e básico ligado a computação, foi aí que eu encontrei um ótimo livro que recomendo a todos vocês:
Data Structures and Algorithms with Python
Kent D. Lee, Steve Hubbard
http://link.springer.com/openurl?genre=book&isbn=978-3-319-13072-9
submitted by gzn_br to ProgramadoresBrasil [link] [comments]


2020.06.11 21:04 sw5d6f8s Gambiarristas de plantão, me ajudem a fazer uma gambiarra em um soquete de lâmpada?

Olá, Brasil!
Não Li, Nem Lerei no final.

Background:

Há uns 6 meses atrás, eu comprei uma lâmpada esperta para conectar com minha Alexa.
Contudo, eu não prestei atenção no anúncio e acabei comprando o plug errado. Eu comprei uma lâmpada com o padrão b22 .
Depois de algum tempo contemplando minha estupidez, eu decidi comprar um adaptador b22 para e27 (o formato padrão brasileiro). Procurei em lojas locais e online brasileiras, mas esse adaptador não parece ser vendido no Brasil.
Decidi comprar no Ali Express mesmo e esperar. Esperei três meses e meu pacote foi extraviado.
Persisti e comprei outro. Esperei mais dois meses e ontem mesmo olhei o código de rastreio e vi que nosso querido correios entregou no endereço errado (a mais de 1000km da minha casa!). Nos dois casos, os vendedores concordaram em devolver meu dinheiro. E eu ainda estou sem usar minha lâmpada esperta.
Por outro lado, o adaptador parece ser algo simples. Só que eu não sei por onde começar. E é por isso que estou aqui.

Perguntas:

Essa é a minha lâmpada..
Pensando em um caminho mais fácil, vocês conhecem outro tipo de adaptador de lâmpada que possa ser facilmente adaptado para o padrão b22? (adaptcéption)
Caso não haja um similar, eu posso tentar fazer uma adaptador a partir do soquete de uma lampada velha.
O padrão e27, dentro do plug, tem dois fios, um preto e um vermelho. Eles surgem de lugares diferentes, os dois tem a mesma função ou eu devo considerar só o preto?
Olhando no adaptador b22 para e27, há dois ferrinhos, do que eles são feitos? Eu consigo comprar algo similar?
Minha ideia é utilizar um soquete velho, soldar os fios necessários nesses dois ferros, usar cola quente (usar cola quente é seguro nesse caso?) para fazer eles ficarem no lugar, encaixar na lâmpada e fixar ela de algum modo (fita isolante ou cola quente).
NL;NL: Comprei lampada com soquete errado (b22). Então, comprei um adaptador para o padrão Brasileiro (b22 para e27). Pacote extraviado. Comprei outro. Entregaram no endereço errado. Estou puto, com tempo, e quero tentar fazer um adaptador caseiro.
Qualquer ajuda é bem vinda. Eu já mexi com alguns eletronicos antes por diversão, principalmente com fones de ouvidos e mouses, mas nada sério e bem esporadicamente, então sou bem noob nesse assunto.
Obrigado!
submitted by sw5d6f8s to brasil [link] [comments]


2020.06.06 16:08 GazellaLachifre O beijo perfeito

Olá, sou uma menina pan, que ainda tem muito para viver. Podem me chamar de Gazella, e alerto, essa história é graaande e fofa, depois tem continuação com tragédias. Porém, gostaria de compartilhar esse momento da minha vida.
Bem, em 2019, eu tinha acabado de superar do meu primeiro relacionamento de verdade, esse também, uma bosta daquelas. Mas felizmente, estava saindo de uma escola que eu eternamente vou odiar, ou talvez não. O motivo de eu odia-la, é outra história para contar. Quando eu saí dessa escola, eu estava louca para namorar uma menina, desesperada por um romance, eu tinha 14 anos e talvez, ainda nem tenha idade para viver um romance de verdade. Eu tinha um grande crush numa menina da minha antiga escola, que continuava a ser minha amiga e ir me visitar no colégio em que estava no momento. Eu deixava muito claro que era afim dela, mas, ela não estava preparada para sair do armário e também eu não posso e nem devo puxar ela para fora dele. No final, ela acabou me decepcionando com as indecisões dela sobre mim e eu acabei seguindo a vida sem a guria. E onde eu quero chegar com isso? Então, isso foi o que me deixou louca para conseguir algum crush em alguém, pois eu não tinha feito amizades na escola, portanto, sem motivos para querer ir e me empenhar nos estudos. Mas sabe o que poderia me deixar animada para ir na escola todos os dias? Um crush, daqueles que você sabe que provavelmente nunca vai ter, mas era suficiente para mim. Daí apareceu minha amiga, Lex, que na época, do nada me deu um Doki Doki e por algum motivo, veio do olhar que ela me direcionou (quase nem direcionou), tinha sido muito UOu. E eu entrei numa missão em saber se eu tinha chances com aquelas menina, no final, não perguntei nada pq tinha muita vergonha na cara para chegar do nada e falar "coé, gostaria de dar uns pegas?" E aí, que uma colega de sala, antigamente ficante de festa, me disse que ela tinha uma prima sapatão, ou seja, pelo menos assumida para si mesma. Me bateu um fogo no cu, que rapidamente eu pedi para informações sobre ela e se eu tinha chances. E vocês já sabem como termina, né? Contatinho trocados. Conversa vem e conversa vai, eu e essa prima da coleguinha, combinamos de sair o que era para ser um encontro nosso. Curiosidade, seria a primeira vez que sairia sozinha com alguém sem meus pais conhecessem esse alguém. Por mais que tivessem duas velas no encontro, o irmão dela, que a levou e o amigo dela que teve que ir ou a mãe dela não deixava ir "sozinha", ele não pode ser mais perfeito para o primeiro de todos. Sim, foi meu primeiro pq o antes dela nem fez um esforçinho. No final, não teve beijos, ou coisa assim, foi fofo e eu me diverti muito com ela. Sonsa do jeito que era, eu pensei que a Lulu era a destinada. Sinceramente, é um pensamento fofo que eu tenho da minha parte mas bem problemático. Passou-se um tempo e do nada estávamos namorando, aliás, nem data teve para o começo do namoro porquê não teve pedido??? A gente somente começou a chamar-se de namoradas. Mas, a gente ainda não tinha dado um selinho, e bem, adolescente, fogo no cu, destinadas, já sabe né. Um fato relevante, meus pais ainda não sabiam sobre minha sexualidade. Com o pensamento de pegação em mente, eu chamei ela para vir aqui em casa, quando não tivesse ninguém, o que ano passado era bem comum já que meus pais trabalhavam e meus avós cuidavam de meus irmãos mais novos. E deu certo, mesmo nervosa, ela veio. No começo foi conversar para lá e cá, até eu ter uma atitude e dar o primeiro passo. Eu nunca na minha vida, até aquele dia, eu sabia que conseguia dar o primeiro passo, que no caso, se eu não o fizesse, ficaria sem a porra de um beijo, e eu queria muito saber se o beijo era tão bom quanto nossa comunicação. E rolou gente, E COMO ROLOU, foi a primeira vez em que me senti em uma fanfic, eu juro pela minha vida que eu senti minha barriga cheia de borboletas e eu estava muito nervosa. Foi tão fanfiqueiro o beijo que tinha até suspiros no meio, sabe, quando você admite que está gostando ao se derreter num suspiro? Eu nunca fiquei tão feliz por causa de um beijo. No entanto, quando a gente se separou, o nervosismo bateu, eu levantei e saí andando para cozinha. E eu voltei, ela tava sentada no sofá como estava antes, daí eu saí e voltei, até parar no lugar e olhar para ela. Lulu tava com um olhar tranquilo e super na boa, enquanto eu estava tremendo, e mais tarde ela ainda teve a cara de pau em falar que estava super nervosa igual a mim. Ok, né, eu acho que ela percebeu e me chamou para voltar pro sofá, pedindo por mais um beijo, e mano, se eu não estivesse vermelha, naquele momento estava ardendo que nem pimenta. Rolou mais um beijo, um pouco mais quente que o anterior, mas foi aí que eu fiquei mais nervosa ainda pq eu nunca tinha me sentido assim a alguém, então, quando nos separamos de novo, eu fiquei vários e vários minutos abraçada a Lulu, acalmando os ânimos, tentando apagar o fogo que só aumentava. No final, ela teve que ir embora, pois estava ficando tarde e ela tinha que voltar para casa logo, eu fiquei por muito tempo pensando no beijo e acabou sendo o único de nosso relacionamento. O próximo post, conto sobre o porquê que foi o único.
submitted by GazellaLachifre to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.03 05:22 gialmeidas sou babaca por não ter feito o namorado da minha “melhor amiga” dar uma aliança pra ela?

Oiiii Luba menor que 3, editores e turma que está a ver! Eu tenho uma amiga, vamos chamá-la de Laurs, que conheço praticamente desde que nasci, então sempre fomos muito amigas e por volta de 2015 eu e minha amiga Laurs estávamos numa super conexão, oh my god, tanto que pra mim era Maria no céu e Laurs na terra. E Laurs tinha um namorado, o Carls, que por ventura ficou muito meu amigo também. Eles começaram a namorar ela tinha 12 anos e todos os anos eu sempre ajudava os dois com ideias de surpresas e presentes, na maior boa vontade. Inclusive em um aniversário de namoro Carls me pediu ajuda pra ver o que Laurs queria ganhar e bolamos (eu) de fazer uma caixinha com doces, fotos e uma cartinha em forma de pergaminho. Beleza, Carls super adorou e disse “nossa eu to tão ocupado, se você puder ir comprar a caixa, os doces e revelar as fotos pra mim seria ótimo! Eu faço o texto” Num primeiro momento eu fiquei tipo “nossa, simmm super vou sem problemas” (pq eu era idiota) Mas hoje penso “????? Gente tudo bom? A namorada é sua você q tem q ir comprar” Enfim, comprei. No outro dia ele foi lá em casa entregar a carta, daí eu fui dar a caixa pra ele.. Carls disse “então.. não tem como você deixar amanhã na casa dela? É q estou muito corrido” E então no outro dia eu deixei lá, a caixa montada por mim e paga por mim também, pois ele não me pagou até hoje (56 reais). Enfim, a partir daí que entramos na real história.
Seguindo ali por 2015, acho que era aniversário de 5 anos de namoro e Laurs já havia comentado que achava uma data super importante e marcante que deveria dar um passo a mais na relação.. decidiu então que queria ganhar uma aliança e para isso eu teria que falar isso para Carls.
“Então amiga eu quero uma aliança, já tá na hora sabe e como você sempre ajuda o Carls também então nada mais justo do que você fazer ele me dar uma” E eu fiquei tipo “ahh tudo bem..” e fui falar com ele. “Oi Carls, tudo bem? Então o que tá pensando em dar de 5 anos de namoro hein? Data importante né rsrs” Carls disse “ah eu nem tive tempo pra pensar, algo simples mesmo” Daí eu falei que a Laurs tava querendo uma aliança e que ele poderia pensar nessa possibilidade, então ele falou beleza e ficou por isso mesmo. Alguns dias se passaram e Laurs veio me cobrar “e aí? O Carls vai me dar uma aliança né? Pq se ele não me der uma aliança eu vou terminar esse namoro. 5 anos já é tempo suficiente pra me dar uma aliança, você pode falar pra ele me dar uma aliança você tá entendendo né???” E eu fiquei tipo, tá né espero que ele dê isso. Fui falar com ele pela segunda vez. “Oi Carls, pensou no que eu te falei? Sobre o presente..” e então Carls disse “é pensei, acho que aliança não, muito caro e nem to com tempo pra comprar” Quando ele falou eu só pensei, então é isso gente um bom dia pra vocês pq eu tomei no **. Daí eu disse “sério Carls?? Assim, como sua amiga e como amiga dela eu queria te pedir pra pensar mais um pouco nisso e tal, acho um momento importante.. mas vai me falando no que tá pensando” ele disse beleza e de novo ficou nisso. Mais alguns dias se passaram e ela me cobrou mais uma vez “EU ACHO BOM ELE ME DAR UMA ALIANÇA, pq ele tá achando q eu sou alguma vagabunda??? Eu to falando sério, se ele não me dar eu vou terminar!” Gente o que era pra eu fazer? Comprar a aliança pra assegurar que ela ia ter uma? Pq pelo namorado parece que ela não ia ter né, tudo bom. (Desculpa minha mania de falar tudo bom e bom dia, é costume kkkkkkk) Enfim. Mais uma vez fui falar com o Carls “Oi!! E aí, alguma novidade? Pensou melhor?” Ele respondeu “oi!! Pensei sim, não vou dar a aliança mesmo não, vamos ver outra coisa” Ai eu desesperei, falei “Carls tem certeza? Eu não sei nem como te falar isso.. pelo amor de Deus nem fala pra Laurs, mas ela quer muito essa aliança e até me disse que.. eu não podia nem te falar isso, mas eu não sei mais o que fazer.. ela até me disse que terminaria se não ganhasse uma aliança. Eu gosto e torço muito por vocês, será mesmo que não tem como dar a aliança?” Foi aí que eu recebi apenas um “visualizado” e não respondido. Fiquei sem entender, mas continuei a viver o meu dia.
Horas depois Laurs me liga “COMO ASSIM VC foi falar com o Carls que eu queria uma aliança??? Você não podia ter feito isso!! O que você foi falar pra ele?? Agora ele tá te xingando toda! Falando que você acha que sabe o que é melhor para o nosso relacionamento!! Como você pode?!” Eu fiquei sem reação, sem entender. Pq ela desde o começo que pediu pra eu falar com ele e me cobrou quase todo dia que ela ganhasse essa aliança. Eu ainda escrevi um super texto pra ele pedindo desculpas por me intrometer no relacionamento deles e tudo mais, mas ele nunca me respondeu e desde então não fala ou olha na minha cara. No aniversário dela quando ele me viu lá fez questão de ir embora e causou o maior climão, foi péssimo. Desde então me afastei bastante da Laurs e foi a melhor coisa que eu fiz, pois percebi o quanto essa amizade era tóxica.
Ainda assim, fui babaca? Afinal ela não conseguiu a aliança..
submitted by gialmeidas to TurmaFeira [link] [comments]


DONATTO, MC Kevin O Chris - Quero Você (Lyric Video) - YouTube Kid Abelha - Eu Quero Voce como eu Quero.avi - YouTube Só Quero Ver Você + There is Only One - Laura Souguellis ... Oito7nove4 - Eu quero você - YouTube DONATTO, MC Kevin O Chris - Quero Você [Letra] - YouTube Marília Mendonça & Maiara e Maraisa - Quero Você Do Jeito ... Ananda, Joker Beats - Quero Que Tu Vá - YouTube Hiosaki - Eu odeio amar você (prod. Pdr0sa) - YouTube Quero Que Velorize-Ludmila Ferber - YouTube

calculadora idade Quantos anos eu tenho

  1. DONATTO, MC Kevin O Chris - Quero Você (Lyric Video) - YouTube
  2. Kid Abelha - Eu Quero Voce como eu Quero.avi - YouTube
  3. Só Quero Ver Você + There is Only One - Laura Souguellis ...
  4. Oito7nove4 - Eu quero você - YouTube
  5. DONATTO, MC Kevin O Chris - Quero Você [Letra] - YouTube
  6. Marília Mendonça & Maiara e Maraisa - Quero Você Do Jeito ...
  7. Ananda, Joker Beats - Quero Que Tu Vá - YouTube
  8. Hiosaki - Eu odeio amar você (prod. Pdr0sa) - YouTube
  9. Quero Que Velorize-Ludmila Ferber - YouTube

— Quer divulgar seu som no canal? entrar em contato pelo email: [email protected] ou Pelo whatsapp (81) 9 8735-8611 que passaremos todas as info... Se inscreva no canal para receber mais músicas! https://www.youtube.com/sadstation Siga-nos no Instagram: @sadstationbrasil Contato profissional: enzobarbe... Clique aqui e ouça a música: https://umusicbrazil.lnk.to/QueroQueTuVaYD Siga ANANDA: Facebook: https://www.facebook.com/Ananda-626540091061736/ Instagram: ht... Nova musica da banda Oito7nove4. Eu Quero Você Você finge que eu não existo E eu não consigo imaginar de outro jeito Minuto a minuto desbloqueio o celular Cu... kid abelha eu quero vc como eu quero Assista a playlist Dunamis Music: https://bit.ly/2WJK4Hh Assista a playlist Dunamis Sounds: https://bit.ly/2WJQpSY Inscreva-se no canal: http://bit.ly/2pr4qT... INSCREVA-SE NO MEU CANAL: http://bit.ly/MARILIAMENDONCAYOUTUBE PARA SHOWS (62) 3241-7163 / (62) 9 9186-2454 [email protected] [email protected] Quero que valorize o que você tem, você é um ser você é alguém tão importante para Deus. Nada de ficar sofrendo angustia e dor, nesse seu complexo inferior d... Clique aqui e ouça a música: https://umusicbrazil.lnk.to/QueroVoceYD SIGA DONATTO: https://www.instagram.com/donatto https://www.facebook.com/donatto.ooficia...